Tênis tem mais surpresas, com quedas de Serena e dupla do Brasil

As surpresas não param de acontecer no tênis dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Um dia após a segunda derrota em dois dias de Novak Djokovic, número 1 do mundo, nesta terça-feira foi a vez de Serena Williams se despedir de vez do torneio.

A americana, que já havia sido eliminada nas duplas junto da irmã, Venus, agora caiu em simples. Ela foi derrotada pela ucraniana Elina Svitolina por 2 sets a 0, parcias de 6/4 e 6/3. Serena é a número 1 do mundo, e a rival é a 20ª.

“É irreal. É o momento perfeito. Vencê-la nos Jogos Olímpicos é extremamente especial para mim”, disse a ucraniana, que foi elogiada pela adversária. “Estou desapontada. Mas, quer saber? A melhor venceu hoje”, disse a americana.

Entre os homens, a surpresa do dia não foi nada boa para o torcedor brasileiro. Bruno Soares e Marcelo Melo, candidatos a medalha, foram eliminados pelos romenos Florin Mergea e Horia Tecau por 2 sets a 1, parciais de 6/4, 5/7 e 6/2.

Melo é o 3º do ranking mundial de duplas, e Soares é o 8º. Os romenos estão só um pouco abaixo: Tecau é 10º, e Mergea é 14º.

Quem escapou da zebra foi Rafael Nadal, campeão Olímpico em Pequim 2008. O espanhol, que chegou ao Rio sentindo dores no punho, parece ter contornado o problema ao derrotar o italiano Andreas Seppi por 2 sets a 0, duplo 6/3.

Ainda em simples, o brasileiro Thomaz Bellucci avançou às oitavas de final ao vencer o uruguaio Pablo Cuevas por 2 sets a 1. Agora ele pega o belga David Goffin, na quarta-feira (10).

Escreva Um Comentário