Startup desenvolve barbeador a laser que não irrita a pele

skarp-barbeador-laser2

Skarp Technologies já arrecadou mais de US$ 3,6 milhões para levar ao mercado produto inovador

Dois bilhões de lâminas de barbear são jogadas no lixo todos os anos nos Estados Unidos. Uma inovação pretende acabar com esse problema e ainda mudar a forma de se barbear hoje. A startup Skarp Technologies desenvolveu um barbeador que funciona com um laser ao invés de uma lâmina.

O laser emitido pelo barbeador age sobre uma substância presente no corpo humano chamada cromófora, que absorve a luz e dá a coloração aos pelos. Ao entrar em contato com as ondas de luz, os pelos são cortados instantaneamente sem irritar a pele ou deixar qualquer tipo de ferida.

O design, que lembra um barbeador comum, foi projetado para não causar estranhamento aos clientes, apesar de funcionar de uma maneira completamente diferente do convencional. O equipamento é feito de alumínio e pode ser usado normalmente em contato com a água, durante o banho, por exemplo.

A startup está em busca de financiamento coletivo no site Kickstarter para produzir a primeira linha de barbeadores. A meta inicial era arrecadar US$ 160 mil, porém, mais de US$ 3,6 milhões já foram captados entre pedidos de pré-venda e investimentos iniciais. Os barbeadores Skarp podem ser encomendados por US$ 189.

Escreva Um Comentário