Smartphones seriam os vilões em distúrbios do sono



Segundo Paul, todo modelo de Smartphone conta com uma luz azul mais brilhante, e que já foi provado cientificamente que a exposição a esse azul pode afetar no ciclo do sono dos usuários e mante-los acordados mais tempo do que o necessário.

O fato já é conhecido há algum tempo, tanto que o Android conta com alguns aplicativos de terceiros que prometem diminuir a temperatura de cor da tela e do azul durante a noite e até a própria Google adicionou um modo “noturno” ao novo Android 6.0 Marshmallow que muda o fundo da tela para uma cor mais escura, porém não filtra a luz azul, que é o centro do problema.

A grande vilã do sono, a luz azul, é responsável por diminuir a produção do hormônio melatonina, responsável por regular nosso ciclo de sono. Ela é ótima para o dia a dia, porém pode ser prejudicial a noite, segundo Paul.

Atualmente alguns aplicativos de terceiros prometem ajudar com isso, como oTwilight, porém o problema é que ele não é muito popular, não é compatível com todos os modelos de smartphones e nem para modelos mais baratos e acessíveis. A Apple não conta com nenhum aplicativo do tipo em sua loja virtual. Resta saber se as fabricantes vão tomar alguma providencia a respeito do apelo do médico.

Escreva Um Comentário