São Bernardo Futebol Clube – História


Em 2004, o futebol do ABC Paulista estava no centro das atenções do futebol nacional com o Esporte Clube Santo André sendo campeão da Copa do Brasil e a Associação Desportiva São Caetano, da Série A1 do Campeonato Paulista. Com equipes de vôlei e handebol vitoriosas, faltava à cidade um representante no cenário futebolístico. Um grupo de ex-jogadores e políticos liderado por Edinho Montemor se mobilizou num antigo projeto de criar um clube na cidade. Pensou-se em reerguer um dos antigos clubes da cidade (Esporte Clube São Bernardo ou o Palestra de São Bernardo), entretanto, as administrações não aceitaram a parceria, pois os mesmos estavam com dívidas e em períodos de reformulação. Sem sucesso nessas tentativas, resolveu-se criar um novo clube.

Com o objetivo de representar a cidade, o nome não poderia ser outro, e em 20 de dezembro de 2004 foi fundado o São Bernardo Futebol Clube. O brasão traz o mapa da cidade e a bola de futebol. Para não haver referência a times da capital ou do próprio ABC, foram escolhidos o amarelo e preto como cores do clube, inspiradas em grades clubes aurinegros como Peñarol e Borussia Dortmund. Os clubes antigos tinham o cão da raça São Bernardo como mascotes, então, procurava-se por algo diferente. Pela sua ferocidade e cores, o tigre foi escolhido, originando um dos apelidos do clube: Tigre do ABC.

tigres-mascote-do-time-do-sao-bernardo

Mascote do Tima

O recém nascido Tigre do ABC conseguiu uma rápida ascensão no cenário do futebol estadual. Já em 2005, o clube fez sua estréia na série B do Campeonato Paulista e conseguiu o acesso para a série A3. Após três anos na série A3, o time conseguiu o tão aguardado acesso à série A2. Em 2009, o clube passou por uma reestruturação tanto na diretoria quanto no elenco visando à profissionalização e modernização. Em 2010, o Bernô conseguiu a tão almejada vaga na elite do futebol paulista, a série A1. Finalmente, em 2011, o clube fez sua estréia na A1, onde conseguiu a terceira melhor média de público (11.272 torcedores por jogo) ficando atrás apenas do São Paulo e Corinthians. Infelizmente, não conseguiu uma boa sequência de resultados na competição e foi rebaixado à série A2.

Em maio de 2012, com vitória sobre a União Barbarense, o Bernô consagrou-se campeão da série A2, seu primeiro título, e garantiu, pela segunda vez, o acesso à série A1, além disso, ganhou vaga inédita na Copa do Brasil em 2013. No Paulistão 2013, após uma fase sob ameaça de rebaixamento, o time conseguiu alguns bons resultados, terminando em 12º lugar, garantindo lugar na disputa pelo título Paulista de 2014. Já na Copa do Brasil, fez uma boa primeira fase, mas foi eliminado pelo Criciúma na segunda fase.

É inegável que, para um clube com menos de dez anos de existência, o São Bernardo Futebol Clube cresceu de uma forma talvez não imaginada nem pelos seus idealizadores. Com a rápida ascensão e por representar a cidade, o clube foi ganhando torcedores apaixonados, e hoje conta com cerca de oito torcidas organizadas, e a cada jogo, vai levando mais bernardenses ao estádio para acompanhar seu desempenho. Com a modernização do clube e o crescente apoio da torcida, o São Bernardo Futebol Clube continuará, como diz o hino, ‘atravessando fronteiras, superando barreiras’ para chegar a um futuro de grandes conquistas.

 

REFERÊNCIA:
SÃO BERNARDO FC (Org.). Histórico: São Bernardo Futebol Clube. Disponível em: . Acesso em: 11 set. 2013.

Escreva Um Comentário