A realidade doentia das redes sociais e selfies que ninguém tem coragem de dizer



Vocês já tiraram selfie várias vezes na vida, certo? Mas você sabem o significado de selfie? Originária de uma palavra inglês, selfie é um neologismo com origem no termo self-portrait, que significa autorretrato, e é uma foto tirada e compartilhada na internet. Normalmente uma selfie é tirada pela própria pessoa que aparece na foto, e a particularidade de uma selfie é que ela é tirada com o objetivo de compartilhar em uma rede social, como no Facebook, por exemplo.

Bom, todo mundo hoje adora tirar selfie, mas o que poucas pessoas sabem é que pode existir um grande problema em tirar esse tipo de fotos. A tendência crescente de tirar selfies com celulares pode estar ligado a problemas de saúde mental que incidem sobre a obsessão de uma pessoa com a aparência. Segundo o psiquiatra Dr. David Veal: “Desde a ascensão dos telefones com câmera, dois em cada três pacientes que vêm para me ver com Transtorno Dismórfico Corporal têm uma compulsão para repetidamente tirar e postar selfies em sites de mídia social”.

001

“A terapia cognitivo-comportamental é usada para ajudar o paciente a reconhecer as razões para o seu comportamento compulsivo, e então ele vai aprender a moderá-lo”, afirma o psiquiatra. Um caso que teve muita atenção da mídia foi do adolescente britânico que tentou cometer suicídio depois de não conseguir tirar uma selfie perfeita. Danny Bowman ficou tão obcecado em tirar a foto perfeita, que ele passou 10 horas por dia tirando até 200 selfies. O garoto de 19 anos perdeu quase 30 quilos, abandonou a escola e não saiu de casa por seus meses em busca da imagem perfeita.

Ele tirava 10 fotos logo quando acordava, frustando com as tentativas de tirar aquela selfie perfeita. Um certo dia, depois de tentar tirar várias selfies, Bowman eventualmente tentou tirar a própria vida por uma overdose, mas foi salvo or sua mãe. Bowman afirmou o seguinte para o jornal The Mirror: “Eu estava constantemente em busca de tirar a selfie perfeita e quando eu percebi que eu não podia, eu queria morrer. Perdi meus amigos, minha educação, minha saúde e quase a minha vida.”

002

Parece que o adolescente é o primeiro cado de uma pessoa viciada em selfie do Reino Unido, e recebeu uma terapia para tratar seu vício em tecnologia, bem como o Transtorno Dismórfico Corporal e TOC (Trastorno obsessivo-compulsivo). Parte do tratamento foi feito no Hospital Maudsley, em Londres, e isso inclui tirar o iPhone dele em intervalos de 10 minutos, que aumenta depois para 30 minutos e depois uma hora.

Os funcionários da saúde pública do Reino Unido anunciaram que a dependência de mídias sociais como o Facebook e o Twitter é uma doença e mais de 100 pacientes procuram tratamento a cada ano. “Selfies freqüentemente provocam percepções de auto-indulgência ou dependência social em busca de atenção que eleva o espectro de qualquer narcisismo ou muito baixa auto-estima”, disse Pamela Rutledge em Psychology Today.

2

O vício em selfies também alarmaram os profissionais de saúde da Tailândia. “Prestar muita atenção em fotos publicadas, controlar quem vê, quem gosta ou comentar suas fotos, na esperança de atingir o maior número de curtidas é um sintoma de que as selfies estão causando problemas”, afirma Panpimol Wipulakorn, do departamento de Saúde Mental da Tailândia. O médica acredita que os comportamentos podem gerar problemas cerebrais no futuro, especialmente aqueles relacionados á falta de confiança.

A palavra selfie foi eleita a “Palavra do Ano de 2013”, pelo Dicionário de Inglês Oxford, e desde alguns anos é uma verdadeira febre no mundo inteiro. Mas e aí amigos, vocês gostam muito de tirar selfie? Vocês sentem falta quando não tiram e postam ao menos uma selfie por dia? Bom, nós da Fatos Desconhecidos esperamos que vocês não tenham esse problema, mas é sempre bom ficar de olho!

Escreva Um Comentário