Quem é Monica Puig, a tenista que conquistou a medalha de ouro no tênis feminino?

Serena Williams, Angelique Kerber e Garbiñe Muguruza estavam na disputa pelas medalhas no torneio feminino de simples do tênis no Rio 2016. Agnieszka Radwanska, Venus Williams e Roberta Vinci também. Não faltavam, portanto, candidatas ao topo do pódio. Mas quem chegou lá foi Monica Puig, tenista de Porto Rico, um país que jamais havia conquistado o ouro Olímpico. Pois a 34ª colocada do ranking da WTA se impôs, perdeu apenas dois sets na campanha e fez história.

Quem é Monica Puig?

Monica Puig é a nova estrela dos Jogos Olímpicos, após vencer a alemã Angelique Kerber, segunda cabeça de chave do tênis no Rio 2016, por 2 sets a 1 na final feminina de simples, no Centro Olímpico de Tênis.

Nascida no dia 27 de setembro de 1993, em Hato Rey, San Juan, Porto Rico, ela jamais passou da quarta fase de um torneio Grand Slam.

No Rio 2016, Monica tornou-se a primeira mulher de Porto Rico a conquistar uma medalha Olímpica e apenas a terceira pessoa de seu país, homens incluídos, a disputar uma medalha de ouro individual.

Pulando de alegria: Monica comeora ao garantir ao menos a prata (Foto: Getty Images/Clive Brunskill)

Antes dela, o boxeador Luis Ortiz conquistou a medalha de prata em Los Angeles 1984, e o atleta da luta livre Jaime Espinal também foi prata em Londres 2012. O ouro, até agora, era inédito para Porto Rico. Era…

Quem é ela no mundo do tênis?

Monica, que se profissionalizou em 2010, venceu seu primeiro, e até agora único, torneio de simples da WTA em 2014, em Strasborug, na França. Ela também é dona de seis títulos de simples da Federação Internacional de Tênis.

Força portorriquenha: Monica Puig entrou para a história do tênis (Foto: Getty Images/Clive Brunskill)

Em 11 de julho de 2016, ela conquistou sua melhor posição no ranking mundial, o 33º lugar. Hoje é a 34ª, posição que pode ser festejada. Afinal, começou a temporada no 92º lugar.

Como Monica Puig chegou ao ouro?

Monica derrotou Polona Hercog, Garbiñe Muguruza, Laura Siegemund, Petra Kvitova e, finalmente, Angelique Kerber (6-4,4-6,6-1).

Monica festejou bastante ao se garantir na final…

Escreva Um Comentário