Previsões inusitadas que foram feitas no passado e se tornaram realidade


Mesmo aproveitando o melhor do presente, muitas pessoas sempre querem saber o que o futuro reserva, de modo que boa parte da humanidade possui uma certa “obsessão” em relação a previsões do futuro.
E o detalhe é que esse cenário não é uma exclusividade da nossa geração. Ao longo dos anos, até mesmo filmes de ficção científica já fizeram, ainda que sem querer, muitas previsões que acabaram se tornando realidade, e nem é preciso dizer que essas obras fizeram sucesso, certo? Para ilustrar isso, relembramos a seguir algumas das previsões mais bizarras e inusitadas que viraram realidade. Confira!

Previsões bizarras que se concretizaram

O filme “De Volta para o Futuro 2” previu tecnologias do futuro

O filme “De Volta para o Futuro” é um clássico da cultura pop, e o que era para ser apenas ficção no cinema, se mostrou uma bela previsão de algumas tecnologias reais do futuro.

É claro que ainda não temos os tão sonhados carros voadores ou hoverboards, porém, já convivemos com scanners biométricos em travas de segurança, chamadas em vídeo e pagamentos digitais por meio do celular. O filme também foi capaz de prever o título dos Cubs, mas errou por um ano.

Apple previu dispositivos com touchscreen, Siri e Skype

No ano de 1987, a Apple divulgou um vídeo que mostrava qual seria o futuro da computação. No vídeo de divulgação era possível ver dispositivos com telas de toque, assistentes pessoais digitais e chamadas em vídeo.

No vídeo, a data fictícia dos lançamentos era 16 de setembro de 2011, somente 18 dias de diferença da disponibilização dos recursos para telefones e tablets.

Leia também:

H.G. Wells previu os tanques de guerra

No ano de 1903, o famoso autor de Guerra dos Mundos fez a publicação de uma história que detalhava o conceito de barcos reforçados e recobertos de ferro, mas como um transporte terrestre com oito pares de rodas, da mesma forma que os tanques de guerra. O fato bizarro é que só 13 anos depois, em 1916, foi utilizado pela primeira vez o primeiro tanque militar.

2001 “Uma Odisseia no Espaço” previu tablets e jornais online

Em “2001 – Uma Odisseia no Espaço”, Arthur C. Clark faz a descrição do NewsPad, um dispositivo tecnológico com uma interface eletrônica que mostrava jornais diretamente da Terra.

A previsão de 1968 foi tão certa que foi usada pela Samsung em defesa perante a Justiça por acusações de plágio. A empresa usou o conceito para mostrar que ele já era “realidade” bem antes da Apple começar a fabricar os produtos.

Em Forrester previu a internet em 1909

Edward Morgan Forrester, escreveu “The Machine Stops”. Trata-se de uma curta história que mostra pessoas que usam telas digitais para se comunicarem e que raramente usam interações reais.

Posteriormente ele descreve os conhecimentos e ideias como compartilhados por um sistema que conecta todas as casas em uma única rede, e isso aconteceu antes da popularização do rádio.

Príncipe Vladimir Odoevsky previu as redes sociais em 1835

Em seu livro “Ano 4338”, o novelista russo, conseguiu fazer a previsão detalhada dos hábitos de postar coisas aleatórias num blog, atualizar status e até mesmo trocar mensagens instantâneas. Essa previsão foi feita com, pelo menos, uma década de antecedência da popularização do telégrafo em todo o mundo.

Aldous Huxley previu antidepressivos 20 anos antes

Em 1931, em seu livro “Admirável Mundo Novo”, Huxley fez a previsão de uma droga com alta capacidade de alterar a mente das pessoas para manter sua sanidade. A droga era conhecida como Soma, sendo descrita da mesma forma que os antidepressivos, que só vieram a ser estudados a partir do início da década de 50.

fonte: http://www.clickgratis.com.br/bizarro/

Escreva Um Comentário