Por quê não é indicado fazer a barba com água fria?

Apesar de ser uma tarefa simples na rotina diária de qualquer homem, para fazer a barba de maneira perfeita são necessários alguns truques. Um dos segredos para se ter precisão maior na hora da raspagem dos pelos é amolecê-los antes de usar a lâmina. Além de uma espuma de barbear de qualidade, a água quente pode ajudar bastante no processo. Contudo, a corrente fria também tem sua parcela de importância, mas está ligada à finalização do ritual de remoção da barba.

 

Poros abertos facilitam o corte do pelo

Para um barbear preciso não basta apenas uma boa lâmina. Um aparelho de qualidade é primordial, mas a pele também deve estar preparada para o corte. “O amolecimento do pelo é fundamental para que o homem obtenha um barbear mais rente”, frisa o dermatologista Amilton Macedo, em entrevista ao #P.

Fora a esfoliação para ajudar na remoção de impurezas e células mortas, os poros abertos são necessários para facilitar a raspagem. Quem fará o serviço é o vapor quente quando em contato com a cútis. Portanto, deixe para se barbear após o banho ou faça compressa com toalha morna.

No entanto, o amolecimento dos pelos não se conquista somente com uma pré-lavagem. Para ser ainda mais eficaz, deve-se complementar a tarefa com a espuma de barbear. Uma dica para a melhor absorção do produto é aplicá-lo com movimentos circulares nas bochechas e deixá-lo agir por alguns minutos. “Além da água com uma temperatura morna, um bom gel de barbear vai facilitar ainda mais este processo”, reitera o dermatologista.

 

Ritual do barbear deve ser finalizado com água fria

Depois de terminar a raspagem dos pelos, o ciclo está quase pronto para ser concluído. Se você começou o processo com água quente para abrir os poros, agora precisa lavar o rosto com uma corrente fria para fechá-los. Por fim, aplique o pós-barba para ajudar na cicatrização e hidratação da pele. “É importante que o homem higienize a pele com água fria para fechar os poros, enxugue e aplique o pós-barba logo na sequência”, ensina Dr. Amilton.

Escreva Um Comentário