Pódio europeu e brasileiro na final na canoagem slalom

O pódio foi inteiramente europeu na prova individual masculina do caiaque (K1) da canoagem slalom, mas o dia teve um brilho brasileiro no Estádio de Canoagem Slalom. O país contou pela primeira vez com um representante na final, Pedro Henrique da Silva, o Pepê, que ficou em sexto lugar. O ouro foi para o britânico Joshep Clarke.

Clarke completou o percurso em 88s53 e deu à Grã-Bretanha seu primeiro ouro Olímpico nessa prova. A prata foi para Peter Kauzer, da Eslováquia, que marcou 88s70 e o bronze ficou com o tcheco Jiri Prskavec, com o tempo de 88s99.

“Minha estratégia foi tentar ir progredindo ao longo das etapas. Fui segundo na eliminatória, terceiro na semfinal e vi que tudo iria acontecer naturalmente na hora certa. Fiz tudo certo e saí com o ouro”, comemorou Clarke.

Pepê, que contou com uma torcida barulhenta de parentes e amigos, terminou em sexto lugar, com 91s54, mas, mesmo fora do pódio, fez história, levando o Brasil pela primeira vez a uma final Olímpica da canoagem slalom.

“Foi difícil para o coração. Fui o primeiro a descer, fiz um tempo muito bom. E a cada um que passava e não me ultrapassava, a torcida vibrava e eu vibrava por dentro. Não comemorava porque é antiético, mas tinha a esperança da medalha. Ela não saiu, mas esse sexto lugar tem um gostinho dourado. Eu fiz a final, fiz o melhor resultado da canoagem slalom e estou muito feliz com isso”, comentou o brasileiro.

Na quinta (11), último dia do esporte nos Jogos Rio 2016, serão disputadas mais duas provas: a prova individual feminina do caiaque (K1) e a prova em dupla da canoa masculina (C2).

 

fonte: https://www.rio2016.com

Escreva Um Comentário