Pinguim nada 8.000km todos os anos para encontrar o homem que salvou sua vida

Aqui no Brasil é ilegal manter animais silvestres como animais de estimação. Mas apesar do que a lei pode dizer, Dindim vem viver com seu melhor amigo que conheceu nas praias do Brasil, a cada ano desde 2011. O pedreiro e pescador de 71 anos de idade, João Pereira de Souza encontrou Dindim coberto de óleo e perto da morte. Quando o Sr. João cuidou e sua saúde melhorou, no entanto, ele descobriu que Dindim não queria mais ir embora; quando ele finalmente foi, Sr. João ficou surpreso ao vê-lo voltar no próximo ano, e nos anos seguintes.

“Eu amo o pinguim como se fosse meu próprio filho e eu acredito que o pinguim me ama”, disse Sr. João para TV Globo. “Ninguém mais tem permissão para tocá-lo. Ele bica quem tenta passar a mão nele. Ele fica no meu colo, me deixa lhe dar banho, me permite alimentá-lo com sardinhas e pegá-lo na mão “.

Escreva Um Comentário