Passageiro é preso após fazer ioga durante voo

Um passageiro foi preso depois que insistiu em fazer ioga, em vez ficar em seu assento durante um voo do Havaí, nos EUA, para Narita, no Japão. Após a decolagem, o piloto retornou ao aeroporto de Honolulu após o passageiro ficar alterado.

Incidente ocorreu em um voo da United Airlines para o Japão (Foto: Julio Cortez/AP)Incidente ocorreu em um voo da United Airlines para o Japão (Foto: Julio Cortez/AP)

O voo da United Airlines seguia de Honolulu para o aeroporto internacional de Narita, no dia 26 de março, quando o incidente aconteceu. Segundo o FBI, o passageiro Hyongtae Pae, de 72 anos, gritou com a tripulação.

Pae disse ao FBI que não queria se sentar durante o serviço de bordo e decidiu ir para o fundo do avião para fazer ioga e meditar. Mas ele ficou irritado quando sua mulher e comissários de voo pediram que ele voltasse para seu assento.

Segundo a polícia, ele empurrou a própria mulher e tentou dar uma cabeçada e morder fuzileiros que estavam entre os passageiros do voo, quando os militares americanos tentaram forçá-lo a voltar para seu lugar.

Escreva Um Comentário