O que aconteceria se a Terra parasse de girar por 42 segundos?

Todo mundo sabe que o nosso planeta, assim como os demais planetas do nosso sistema solar realizam movimentos constantes, e são eles que nos garantem uma série de coisas, como estabilidade, proteção magnética contra os raios solares, um ano que leva 365 e até mesmo as estações do ano.

Apesar de também sabermos que as chances do nosso planeta simplesmente parar de girar aleatoriamente são próximas a 0, o que será que aconteceria caso isso de fato acontecesse?

Nos cinemas, tal situação hipotética foi realizada pelo Super Man, que foi capaz de fazer a terra parar de girar e até mesmo mudar o seu sentido de rotação, para dessa forma “voltar no tempo” e salvar a vida de sua amada.

Diferentemente da ficção, de 1978, nós já sabemos que seria exatamente isso que ocorreria, caso a terra parasse de girar não é mesmo? Mas por outro lado, o que poderia ocorrer exatamente?

01

Bom, a estimativa não é nada boa! Em primeiro lugar todos os seres, edifícios, rochas e etc, seriam arremessados da crosta terrestre em uma velocidade equivalente a 1675 km/h ou seja o equivalente a própria velocidade de rotação de nosso planeta. Uma analogia que pode ilustrar muito bem essa situação, é quando um carro freia de repente e o seu corpo é projetado para fora dele. Só que nesse caso, com o “pequeno” detalhe da velocidade que já citamos anteriormente.

Apesar de extremamente alta, essa velocidade não permitiria que nós fossemos arremessados para fora da camada de ozônio, ou seja para o espaço, mas permitiria que alguém que está próxima a linha do equador por exemplo, fosse arremessada a 465 metros por segundos em direção aos polos, ou 368 metros por segundo se você estivesse próximo a São Francisco por exemplo.

02

Nesses primeiros segundos seria possível que algumas pessoas sobrevivessem, como as que já estão em um dos polos da terra, ou as que estivesse em um avião.

Mas não se anime não, pois isso também seria temporário, visto que ventos e tempestades gigantescas aconteceriam nos próximos segundos.

Neste caso, essas tempestades seriam mais rápidas e intensas do que a própria explosão de uma bomba atômica, e causariam incêndios por todo o planeta.

Além disso estes ventos também seriam capazes de gerar erosões gigantescas por toda a crosta terrestre.

Consequentemente os oceanos também se locomoveriam, e tsunamis gigantescas ocorreriam em direção aos polos do planeta, como vocês podem conferir na imagem ilustrativa abaixo:

02

Em sequência o núcleo de ferro da terra também iria parar de girar, o que desencadearia o rompimento da barreira magnética que temos e que nos protege dos raios radioativos que vem do sol.

E então queridos leitores, poderiam imaginar que essas seriam as consequências caso esse fenômeno ocorresse? Conta pra gente aqui em baixo pelos comentários!

Escreva Um Comentário