O que acontece quando um adolescente fica acordado 11 dias seguidos?



A BBC publicou um estudo(veja aqui) feito por uma instituição de pesquisa de especialistas daNational Sleep Foundation que relata recomendações sobre as horas necessárias de sono de acordo com a faixa etária da pessoa.

Se você tem entre 14 e 17 anos, deve dormir por volta de 10 horas por dia, enquanto que se sua idade está entre 18 a 25, eles dizem que você tem que dormir mais que 10 ou 11 horas. Já pessoas com idades entre 26 a 64, o indicado é você dormir entre 7 e 9 horas.

E dormir é uma necessidade que, se deixar, a gente passa o dia todo na cama, não é mesmo. Existem pessoas que é só encostar numa parede que o sono já vem. Já outras que passam muito tempo sem sentir sono ou mesmo sem dormir.

E assim como ficar muito tempo sem se masturbar tem um efeito em nosso corpo, você sabe o que acontece se a gente ficar por um longo tempo sem dormir?

 Um garoto chamado Randy Gardner resolveu ficar acordado pelo tempo de 11 dias e 24 minutos aos 16 anos de idade. Ele acabou batendo o recorde de maior tempo em que um ser humano ficou acordado.

Mas o que será que ele sentiu durante este tempo?

Os efeitos ficaram sob a vistoria da Marinha dos EUA e o pesquisador John J. Ross of Medical Research Unit Neuropsychiatric, o garoto sentiu alucinações pelo período de cinco dias e o seu temperamento mudou.

Ele ficou com os sentidos mais temperamentais e sua coordenação motora começou a ficar prejudicada.

Ele passou por dificuldade de concentração, ficou em um estado paranóico e com irritabilidade ao extremo. Os efeitos que o jovem passou foram tão preocupantes que oGuinness Book não teve coragem de registrar o recorde com medo de não encorajar novas pessoas a tentarem novos recordes.

O rapaz chegou perto da morte e teve recuperação do experimento sem defeitos mentais e físicos perceptíveis a longo prazo. Se fosse com outra pessoa, talvez ela poderia não ter tanta sorte assim.

Os efeitos colaterais aparecem na forma de hipertensão arterial, alterações nos hormônios, ganho de peso e o risco de morte prematura.

Fonte http://www.fatosdesconhecidos.com.br/

Escreva Um Comentário