Missão arqueológica no Egito conta com o primeiro baiano na equipe

O conquistense André Effgen é o primeiro e único baiano a participar de uma missão arqueológica no Egito, como membro do “Nerferhotep Project”, na cidade de Luxor, antes a histórica Tebas, a antiga capital do reino. De acordo com o Blog do Anderson, ex-aluno de História da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) e aluno de mestrado do Programa de Pós-graduação em Arqueologia do Museu Nacional da Universidade Federal do Rio de Janeiro, André atua na escavação de tumbas no complexo funerário do deus Amon Neferhotep. Iniciado em 1999, o projeto reúne também arqueólogos e egiptólogos argentinos e italianos. A iniciativa inclui, ainda, a restauração da tumba de Neferhotep.

Escreva Um Comentário