Kaori Icho faz história com tetra na luta Olímpica

Kaori Icho chegou aos Jogos Rio 2016 como um dos maiores nomes da história da luta Olímpica. E deixará o Brasil como uma lenda. Nesta quarta (17), a lutadora japonesa dominou a categoria até 58kg e conquistou seu quarto ouro Olímpico consecutivo na Arena Carioca 2.

Com o título, a lutadora fez história com diversas marcas quebradas. Kaori é, agora, a primeira mulher na história Olímpica a ganhar o ouro em provas individuais em quatro edições consecutivas dos Jogos, a única atleta tetracampeã Olímpica da luta estilo livre e a primeira japonesa a subir ao topo do pódio quatro vezes nos Jogos.

“Estou lutando há tanto tempo que tenho que agradecer a todos que me apoiaram ao longo desses anos: minha família, meus amigos e todos que me cercam”, agradeceu a japonesa.

Kaori, que ficou invicta entre 2003 e 2016 e é dona de dez títulos mundiais, derrotou a russa Valeriia Zholobova por pontos no combate final. Os bronzes da categoria ficaram com a indiana Sakshi Malik e com a tunisiana Marwa Amri.

A japonesa dedicou a conquista à memória de sua mãe, que faleceu em 2015. “Sinto muita falta dela. Mas sei que ela está olhando por mim do paraíso. Eu consigo senti-la. Foi ela quem me deu os últimos dois pontos da luta”, contou.

Japão leva mais dois ouros

O Japão levou outros dois ouros nesta quinta. Na categoria até 48kg do feminino, Eri Tosaka venceu Mariya Stadnik, do Azerbaijão, por pontos. A búlgara Elitsa Yankova e a chinesa Yanan Sun subiram ao pódio com o bronze.

Na categoria até 69kg, a campeã foi a também japonesa Sara Dosho, que bateu a russa Natalia Vorobeva por pontos. Anna Jenny Fransson, da Suécia, e Elmira Syzdykova, do Cazaquistão, levaram as medalhas de bronze.

“Nós acreditamos, treinamos mais que os outros países e ganhamos. Nós nos convencemos de que iríamos ganhar o ouro e essa força mental prevaleceu”, disse Dosho, sobre o domínio japonês no dia.

Nesta quinta (18), acontecem as disputas de outras três categorias do feminino: até 53kg, até 63kg e até 75kg, onde compete a brasileira Aline Silva, vice-campeã mundial em 2014.

Japonesa Sara Dosho domina a russa Natalia Vorobeva na categoria até 69kg (Foto: Getty Images/Lars Baron)

 

fonte: https://www.rio2016.com/

Escreva Um Comentário