Jovem de 20 anos, passou 15 anos comendo apenas batatas fritas

Mesmo tentando comer carnes, massas, saladas ou outros alimentos comuns do dia-a-dia das pessoas, a jovem sempre se sentia mal apenas em pensar em comer tais alimentos.

Apesar de parecer ser frescura dela, o caso era mais complicado. Se tratava de um sério transtorno alimentar. Sua dieta à base de batatas-fritas se iniciou aos 5 anos de idade, e mesmo sem se lembrar os motivos, ela diz que só conseguia comer suas batatas fritas.

Esse Transtorno Alimentar Seletivo (TAS) é bastante comum, e ocorre muitas vezes na infância. Só que muitas pessoas não conseguem se livrar dele, e acabam sendo prejudicas até na vida adulta.

Hanna Little, de 20 anos, passou 15 comendo apenas batatas fritas após desenvolver trauma psicológico, e agora, após tratamento, começou a comer normalmente.

A jovem até contou a primeira vez que foi jantar com seu primeiro namorado, e viu um prato de massa com molho de tomate. Ela deu a desculpa de que era alérgica ao tomate, e conseguiu escapar.

Mas, depois de se cansar de lidar com a condição que estava prejudicando sua vida, Hanna resolveu recorrer a tratamentos, e aos 16 anos descobriu que realmente sofria do transtorno psicológico.

Mas apenas aos 20 ela conseguiu superar sua dieta restrita. De acordo com Felix Economakis, psicólogo que realizou o tratamento na jovem, o TAS é causado por um trauma ligado a alimentos. O tratamento de hipnose desbloqueia o inconsciente e permite que a memória, e o trauma, sejam superados.

Agora, após 15 anos vivendo apenas com batatas fritas, Hanna consegue se alimentar normalmente, e elegeu um novo prato preferido: pizza.

viciada-em-batata-frita2

Escreva Um Comentário