Itapetinga: Seca causa perda de 30 mil cabeças de gado e fazendas viram cemitérios

Por conta da estiagem prolongada, Itapetinga, no Médio Sudoeste baiano, já registrou a morte de milhares de cabeças de gado. De janeiro a junho deste ano, cerca de 30 mil animais morreram na região. O fato tem gerado redução na produção de leite e demissões de trabalhadores. Em uma cooperativa da região a captação de leite foi reduzida em 60%. Segundo reportagem da TV Bahia, fazendas do município viraram “cemitérios de bovinos”. Com a estiagem prolongada, o capim não resiste e a pastagem seca. O município que ocupava a segunda posição em número de rebanho de bovinos no estado foi rebaixado para a quarta posição. A situação que já é precária pode piorar. A previsão é que o tempo seco se prolongue por mais três meses.

Escreva Um Comentário