Intolerância religiosa no Brasil é o tema da redação do Enem 2016

intolerancia-religiosa-no-brasil-e-o-tema-da-redacao-do-enem-2016


No Enem, a prova de redação apresenta uma situação-problema e, a partir dela, o candidato deve construir um texto argumentativo. Ele deve conter, obrigatoriamente, uma proposta de intervenção, que respeite os direitos humanos, para o problema apresentado.

Os candidatos terão cinco horas e meia para fazer o texto e responder a 90 questões de matemática e linguagens. A partir das 19h.

Candidato zera redação se desrespeitar direitos humanos

As notas de redação vão de zero a mil, sendo que quem tira zero não pode concorrer a vagas de ensino superior em instituições federais.

Em sete casos, o candidato pode ter a nota zerada:

  1. ferir os direitos humanos;
  2. fugir ao tema;
  3. não atender à estrutura dissertativo-argumentativa;
  4. deixar a “Folha de Redação” em branco;
  5. escrever um texto com até sete linhas;
  6. colocar palavrões ou palavras de calão e desenhos na redação ou;
  7. ter uma parte do texto deliberadamente desconectada do tema proposto.

Na edição de 2015, mais de 53 mil candidatos tiraram zero na redação do Enem.

PROFESSORA EXPLICA O QUE SERÁ AVALIADO NA REDAÇÃO DO ENEM

Humor para reduzir ansiedade

A redação do Enem é a parte da prova que costuma gerar mais expectativa. Na manhã deste domingo, os internautas aproveitavam as redes sociais para fazer graça com o texto.

Desde às 9h, a hashtag #ComeceaRedaçãoCom era o assunto mais comentado pelos usuários do Twitter no Brasil.

Escreva Um Comentário