A importância de quem serve o cafezinho – Histórias Engraçadas

mulher-sorrindo1


Certo dia, dois velhos leões que eram grandes amigos bolaram um plano de fuga e fugiram do Zoológico.

Na fuga, para despistar cada um dos Leões tomou caminhos distintos. Um deles foi para as matas e o outro foi para o centro da cidade mais próxima. Semanas se passaram na procura dos leões por todos os cantos, mas nada de encontra-los.

Depois de quase um mês, para surpresa de todos, volta o leão que fugiu para as matas. Porém, voltou magrelo, com fome e ferido. Desta forma o pobre Leão foi reconduzido a sua jaula.

Passaram-se dez meses e ninguém mais lembrava-se do leão que tinha fugido para o centro da cidade, quando de repente um dia, o Leão sumido foi encontrado. Porém, estava gordo e com muita saúde.

Inquieto de tanta curiosidade o Leão que fracassadamente havia fugido para a floresta perguntou ao seu colega de fuga:

– E aí meu colega de fuga! Como é que você conseguiu ficar todo este tempo escondido na cidade, além disso, voltar com esta saúde toda? Tem tanta comida assim na cidade? Se soubesse teria ido para lá, pois eu peguei o caminho da floresta e tive que dar meia volta e voltar para o Zoológico, pois estava morrendo de fome.

O outro então explicou:
– Bom, tive sorte e acabei me escondendo em uma repartição pública.
Cada dia comia um funcionário público diferente, porém, ninguém sentia falta deles.

– Ué, mas por que você voltou então? Acabou a comida? Digo os Funcionários?

– Não foi isso! Funcionário público nunca tem fim, cada vez que eu comia um aparecia mais três novos.
O problema foi que eu acabei cometendo um grave erro.

Eu já tinha feito a limpa na repartição, já tinha comido diretores, superintendentes, adjuntos, coordenadores, assessores, chefes de seção, secretárias, entre outros funcionários e nunca ninguém deu por falta deles!

Mas, no dia em que eu comi a senhora que servia o cafezinho… Meu plano foi descoberto!

Escreva Um Comentário