Ideias bizarras que já foram sugeridas como salvação do mundo


A interação entre os seres humanos e o planeta segue longe do ideal, uma vez que os humanos não respeitam a natureza e seguem causando poluição, desmatamento, entre outros problemas que tem colocado em risco a vida na terra.
Pensando em como melhorar esse cenário, portanto, muitas empresas buscam novas formas de conscientização, como a reciclagem por exemplo. O detalhe, porém, é que algumas organizações e pessoas vão mais além e por vezes acabam idealizando meios um tanto quanto inusitados para a salvação do planeta. A seguir você confere alguns exemplos.

Ideias inusitadas para proteger o mundo

Dia da caça

O economista neozelandês Gareth Morgan praticamente propôs o banimentos de gatos, isso aconteceu após ele observar dados que mostravam que a população de gatos domésticos estaria ligada diretamente com a extinção ou grande redução da população nativa de pássaros do país.

O fato é que os gatos são os responsáveis pelo fim de nove espécies e por ameaçar outras 33. No fim das contas, Morgan não defendeu exatamente a extinção de gatos da Nova Zelândia, mas propôs que os donos tomem mais cuidados com seus animais, tomando medidas como amarrar um sino em suas coleiras, mantê-los dentro de casa e capturar e entregar gatos de rua às autoridades.

Leia também:

Energia marrom e amarela

Você sabia que é possível gerar energia usando fezes e urina? As fezes e urinas tanto humanas quanto de animais, há muito tempo já vêm sendo estudadas a fim de melhorarem o meio ambiente.

Até o momento a conversão de fezes em metano vem se mostrando um negócio possível, e bastante lucrativo. Tanto que uma fazenda da Pensilvânia, nos EUA, tem economizado cerca de US$ 60 mil por ano usando 18 mil galões de esterco produzidos por suas 600 vacas para criar metano, utilizado para gerar energia em suas instalações.

Brisa dos vulcões

Quando ocorre um grande incidente de atividade vulcânica, uma série de gases e partículas de aerossóis são lançados na estratosfera e podem se espalhar pela terra ao longo dos dias e semanas seguintes.

E mesmo que alguns desses elementos, como o dióxido de carbono, seja um dos responsáveis pelo aquecimento global, essa mistura também contém outros compostos como o dióxido de enxofre, que gera o efeito oposto.

Mesmo que a indução de erupções vulcânicas não seja uma boa ideia, entende-se que alguns cientistas podm estar realizando simulações em computadores que exploram a ideia de emitir na atmosfera aerossóis que causem efeitos similares aos gases podendo gerar o resfriamento global.

Filé de grilo

Sabemos que os bovinos, suínos e galináceos são as fontes predominantes de alimento animal no mundo, mas não é só isso. Também é sabido que a energia usada para criá-los, quando combinada aos dejetos que produzem, fazem com que eles se tornem uma fonte de poluição significativa.

Com a ideia de mudar o cardápio da população sem que todos se tornem veganos, portanto, cientistas sugerem incluir no cardápio alguns insetos. Comidas à base de alguns tipos de insetos e vermes, já podem por exemplo, ser vistas em alguns lugares do mundo.

Isso em tese pode melhorar o ambiente, uma vez que os insetos precisam de menos espaço para criação, menor quantidade de energia e produzem poucos resíduos. Quem já provou diz ser muito saboroso.

Nuvem-escudo espacial

As mudanças climáticas podem ser observadas em quase todos os lugares, logo, para mudar essa situação alguns cientistas buscam retardar o efeito estufa, mas as soluções que alguns propõem são tão bizarras que até parecem ter saído de um filme de ficção científica.

Um exemplo é criar uma nuvem de poeira para bloquear a passagem dos raios solares em direção à Terra. De acordo com pesquisadores, um asteroide poderia ser usado como uma âncora gravitacional criando uma camada de pó, que refletiria a luz e resfriaria nosso planeta. Será?

fonte: http://www.clickgratis.com.br/bizarro/

Escreva Um Comentário