Hyejin Chang supera favorita e leva o ouro no tiro com arco

A República da Coreia confirmou o favoritismo e completou a dobradinha nas disputas femininas do tiro com arco dos Jogos Rio 2016, vencendo tanto por equipes quanto no individual. Na segunda prova, no entanto, não foi a favorita Ki Bobae que levou a bandeira do país ao topo do pódio no Sambódromo, mas sim sua compatriota Hyejin Chang.

Principais candidatas ao ouro, Chang e Bobae se cruzaram na semifinal do torneio individual e a atleta de 29 anos superou a favorita e venceu por 7 a 3. Na decisão, Chang conquistou o ouro derrotando a alemã Lisa Unruh por 6 a 2. Na disputa pelo bronze, Bobae, campeã individual e por equipes em Londres 2012, superou a mexicana Alejandra Valencia por 6 a 4 e subiu ao pódio pela segunda vez nos Jogos Rio 2016.

“Estou muito orgulhosa por conquistado mais um ouro para a República da Coreia. Pensei positivo durante toda a prova e tentei me manter confiante na final”, disse a campeã.

O Brasil teve duas representantes na prova: Ane Marcelle dos Santos, que chegou às oitavas-de-final, e Sarah Nikitin, que caiu na primeira rodada. A colocação de Ane Marcelle foi a melhor da história do tiro com arco brasileiro nos Jogos.

“Estou muito orgulhosa porque o objetivo que tracei era chegar às oitavas. A torcida me apoiou e ajudou bastante”, disse a brasileira.

O tiro com arco encerra sua programação nos Jogos Rio 2016 nesta sexta (12) com a fase final da disputa individual masculina. As provas começam às 9h e 16 arqueiros seguem na luta pelas medalhas.

 

fonte: https://www.rio2016.com

Escreva Um Comentário