Homem sírio bate selfie, mas esquece que celular era um detonador de bomba




Até o momento, não sabemos da veracidade do vídeo a que você vai assistir a seguir. Contudo, ele mostra como um simples lapso de memória pode arruinar uma selfie entre amigos — pior, arruinar a vida.

O vídeo apresenta o que parece ser um grupo de rebeldes sírios — a indicação é uma bandeira rebelde que aparece na filmagem — se juntando em um sofá para uma foto. Acontece que, se pudermos presumir algo, havia uma bomba conectada a um celular na cena. Infelizmente, esse aparelho foi utilizado para capturar uma selfie e, talvez, o sírio tenha apertado o botão errado.

É difícil comprovar se o vídeo é real, apesar de ter diversas características que apontam para isso. Se pudermos olhar para o lado positivo, a bomba não era de “alto calibre”. Isso porque a câmera se manteve intacta, assim como o ventilador no teto. Ainda é possível ouvir algumas pessoas gritando “Allahu Akbar” após a explosão.

Assim que tivermos mais informações sobre o vídeo em questão, atualizaremos a notícia.

 

O Exército Livre da Síria tem coligação com nações ocidentais, como os EUA, Reino Unido e a França, e tem como bandeira o combate ao grupo terrorista ISIS. Ao mesmo tempo, o exército também luta contra as forças do presidente sírio Bashar al-Assad.

FONTE(S)

Escreva Um Comentário