O Exército Livre da Síria tem coligação com nações ocidentais, como os EUA, Reino Unido e a França, e tem como bandeira o combate ao grupo terrorista ISIS. Ao mesmo tempo, o exército também luta contra as forças do presidente sírio Bashar al-Assad.