Homem é preso em Brumado por prática de ijúria racial contra repórter da Globo

Foi realizado na manhã desta quarta – feira (16), em Brumado, a operação Cyberstalkin, responsável por prender acusados de praticarem crime de Injúria Racial contra repórter e atriz da Globo. Em julho de 2015 a repórter Maria Júlia Coutinho foi alvo de uns 50 comentários racista na sua página no facebook; o mesmo aconteceu com a atriz, Thaís Araújo, atriz da globo, em setembro de 2015, sendo que este foi o caso de maior repercussão nacional e internacional. Após investigações, um dos suspeitos foi preso na manhã de hoje (16), em Brumado. O Coordenador da 20ª Corrpin, Dr. Leonardo Rabelo, estará dando uma coletiva à imprensa às 9h, para falar sobre a operação que resultou na prisão de um brumadense. Maiores informações a qualquer momento.

Escreva Um Comentário