História Engraçada – Uma Mulher Horrível

Quando ela estava passando pela Rua Direita ela olhou logo à frente e ela viu aquela mulher horrível. A mulher vinha caminhando tranquilamente e toda orgulhosa na direção dela. Que mulher horrorosa! Que mau gosto! Ela imediatamente pensou consigo.

 

Ainda com o olhar e o pensamento fixo naquela detestável criatura que insistia em vir na sua direção ela foi tomada por um sentimento ruim que era um misto de rejeição e profunda antipatia por aquela estranha, que para ela, era a pessoa mais desprezível da face da terra. Onde já se viu sair à rua daquele jeito. Ô mulherzinha sem bom senso, sem bom gosto e nem um pouquinho de criatividade!
Esses sentimentos nada nobres nasceram repentinamente como um vulcão de emoções negativas. Tudo isso havia ocorrido quase de forma instantânea logo na primeira vez que ela viu a rival. Rival? Sim, rival.
A outra mulher, a rival, era uma pessoa comum que estava vestida de forma comum, andava como uma pessoa comum e também num lugar comum. O único erro dela, se é que podemos chamar assim, foi ela sair de casa usando um vestido completamente igual ao vestido que ela estava usando.
Coisas de mulher!

Escreva Um Comentário