História Engraçada – Um Tiro Bem No Alvo

Ele pegou um cachorro quente uma Coca Cola com canudinho e foi caminhando pelo parque. Ele pensava: Como era legal o parquinho, já faz uns meses que aquele parque estivera ali pela última vez. Ele pensou até que o parque não voltaria mais por causa do número cada vez menor de terrenos grandes e desocupados ali na região, até o campinho de terra estava quase sumindo.
Tava todo mundo com saudades do parque, do carrinho elétrico, do jogo de argolas, do jogo de dados que era feito com os times de futebol, das barracas de lanches, da pipoca, dos brindes, do tiro ao alvo e por falar no tiro ao alvo ele se lembra perfeitamente da última vez que ele foi jogar naquele brinquedo que atirava bola de meias nas latas e usava para isso uma bazuca que funcionava com ar comprimido.
Ele já tinha gastado um bom dinheiro tentando derrubar as latas para poder pegar o ursão de pelúcia que a namorada dele tanto queria . Depois de jogar tantas vezes ele já estava ficando craque e era questão de tempo ele acertar todas as latas e levar o tão desejado prêmio.

Jogou de novo, outra, mais uma, até que naquela partida fica somente uma lata, ele se concentra ao máximo para poder acertar a lata. A grana já estava acabando e era importante acertar aquela bola de qualquer jeito. Lá está ele, concentração total, bazuca na mão, a meia colocada bem apertadinha para dar uma pressão e a bola sair com uma força e direção legal, respira fundo, relaxa e atira…Tummmm! A bola de meia acertou em cheio a nuca do cara que ficava lá arrumando as latas. O tiozinho tinha se abaixado para pegar as latas e as bolas e resolveu subir no momento exato do tiro dele.
Não machucou porque a bola de meia não era dura. O duro mesmo foi controlar a risada de todos e fingir que nada tinha acontecido. Era só lembrar da cara de surpresa do tiozinho que o pessoal não agüentava e caia na risada.

Bem, depois de reclamar e ganhar nova partida ele atirou de novo e ganhou, ganhou aquela bola enorme que não dá nem mesmo para colocar dentro do carro. Se a bola entrar tem que sair uma duas pessoas. A namorada dele teve que se conformar não tinha sido daquela vez que ela tinha ganhado o ursão.

Escreva Um Comentário