Governo quer transformar Avenida Paralela em Via Expressa

A Avenida Paralela, em Salvador, deve perder os semáforos e os retornos e se transformar em uma nova Via Expressa da cidade.

A informação foi divulgada pela superintendente de Mobilidade da Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Estado, Grace Gomes. “Com a implantação do metrô, que já está em andamento, o Governo do Estado devolve para a cidade a Avenida Paralela do jeito que ela foi pensada, como ela deveria ser. No plano diretor da cidade, tem a Paralela como uma via expressa, sem semáforo, sem retorno e sem postos de gasolina no canteiro central”, explicou. Segundo Gomes, a Paralela possui um “cunho metropolitano”, por fazer a ligação do centro de Salvador à Região Metropolitana, mas tem perdido esta função nos últimos anos. Por isso, o plano deve estar adaptado às diversas vias que compõem a região. “O acesso ao tráfego na Paralela e às vias marginais será feito pelos viadutos. A obra do metrô vem facilitar isso. Do início da Paralela, na região da Tancredo Neves, até Pituaçu, onde já construímos os viadutos, não existem mais semáforos; então o trânsito é livre. Os semáforos começam a surgir após o Viaduto Dona Canô”, detalhou.

Escreva Um Comentário