Golfinho morre depois de ser capturado por banhistas para tirar fotos

Em mais uma prova de que a humanidade por vezes consegue ser extremamente cruel, um golfinho morreu provavelmente por conta de desidratação, depois de ser retirado da água na praia argentina de Santa Teresita para ser ‘apreciado’ pelos banhistas, relata a imprensa argentina. O pobre mamífero é visto em fotografias sendo segurado no ar pelos indivíduos, totalmente fora de seu habitat natural. As imagens foram feitas pelo banhista Hernán Coria.

golfinho2

De acordo com o portal ‘La Capital’, o golfinho encontrado trata-se de um filhote de ‘golfinho-do-rio-da-prata’, tradicional do Rio da Prata, na Argentina. Esses animais medem em torno de 1,7 metro, vivem até 20 anos de idade (quando não são predados por animais maiores ou seres humanos) e pesam até 50kg. Apesar de ser originário da Argentina, o mamífero pode ser encontrado também em partes do Uruguai e Brasil. De acordo com um comunicado publicado pela Fundação Vida Silvestre, da Argentina, existem cerca de 30 mil indivíduos dessa espécie vivos atualmente. No comunicado, a fundação citou a importância de devolver esses animais ao habitat natural quando forem encontrados na praia.

golfinho3

O final da ‘brincadeira’ com o pobre animal foi marcado por um foto trágica, mostrando o golfinho morto na areia da praia.

Informações de La Capital e Fundación Vida Silvestre

Escreva Um Comentário