Federação da Rússia faz dobradinha no sabre feminino

Ouro e prata para a Federação da Rússia na prova do sabre feminino da esgrima. Em uma final disputada por duas atletas do país, a jovem Yana Egorian, de 22 anos, surpreendeu a favorita Sofya Velikaya, atual campeã mundial, prata em Londres 2012 e líder do ranking mundial, e ficou com o ouro na Arena Carioca 3. O bronze foi para a ucraniana Olga Kharlan.

“Um ouro Olímpico é a maior vitória da carreira de qualquer atleta. A final foi a luta mais difícil, até porque sei que ela merece o ouro tanto quanto eu, mas o esporte é assim e só pode haver um vencedor”, comentou Egorian.

O combate decisivo foi extremamente disputado e definido pela diferença mínima, com Egorian vencendo por 15 a 14 e tornando-se a primeira campeã Olímpica da esgrima russa em provas individuais. Na disputa do bronze, Kharlan superou a francesa Manon Brunet por 15 a 10 e conquistou seu segundo bronze seguido – subiu ao pódio também em Londres 2012.

A brasileira Marta Centurión disputou a prova, mas foi eliminada logo no primeiro combate, ao perder para a polonesa Bogna Jozwiak por 4 a 2.

Nesta terça (9), a programação da esgrima terá a competição masculina individual da espada, na qual o Brasil tem três representantes: Athos Schwantes, Nicolas Ferreira e Guilherme Melaragno.

 

fonte: https://www.rio2016.com

Escreva Um Comentário