Estados Unidos vencem a China com boa vantagem na estreia do basquetebol no Rio 2016

Os Estados Unidos não tomaram conhecimento da China na partida de estreia das equipes no basquetebol masculino nos Jogos Rio 2016. Com os astros Kevin Durant e Carmelo Anthony em quadra o time venceu por 119 a 62 em um passeio. Um começo perfeito para a sequência de jogos que vai marcar a despedida do técnico americano Mike Krzyzewski no comando da seleção americana.

Após o jogos, Carmelo Anthony deixou um recado aos adversários dispostos a ficarem em seu caminho e no de seus companheiros na jornada rumo ao ouro Olímpico. “A gente queria mandar uma mensagem para o resto do mundo sobre quem manda no pedaço”, disse o jogador. “E a gente ainda pode melhorar, o que ainda nos assusta”.

Jimmy Butler desfilou sua técnica no garrafão (Foto: Getty Images/Pool)

Kevin Durant foi um dos atletas mais celebrados pelos companheiros de equipe que estavam na reserva. A cada ponto era uma vibração. “Quando você está ligado no jogo quer ver o pessoal no banco animado por você. Eu acho isso melhor do que fazer cestas”.

O time, segundo ele, cresceu com a presença de Kyrie Irving em quadra. “Com ele em quadra pudemos revezar em todas as posições, o que nos fez melhor defensivamente. A animação da torcida, que vez algumas olas durante a partida, também chamou sua atenção. “Essa moda nunca acaba”.

Paul Georgee e DeAndre Jordan vibravam a cada ponto. (Foto:Getty Images/ Rob Carr)

A superioridade dos americanos em relação aos adversários era tão grande que a torcida na Arena Carioca 1 se sensibilizou e chegou a incentivar os chineses. “Os Estados Unidos são duros de se jogar porque são agressivos em qualquer posição, ofensiva ou defensiva. Você não pode escolher o jogador mais difícil para marcar porque eles estão em todo lugar. Foi muito difícil, mas pelo menos nosso próximo jogo será mais fácil e nós aprendemos bastante”, disse o chinês Zhao Jiwei após o confronto.

 

fonte: https://www.rio2016.com

Escreva Um Comentário