Em tempos de Crise, Mulheres trocam sexo por Sanduíche

Situações extremas merecem medidas extremas, certo? Na Grécia parece que sim! Um estudo da Universidade do Panteão, em Atenas, concluiu que prostitutas do país europeu trocam sexo por sanduíches.

Coordenada pelo sociólogo Gregory Lazos, a pesquisa com 17 mil profissionais do sexo pôs as gregas entre as garotas de programa mais baratas da Europa. O baixo valor cobrado reflete a crise econômica que assola o país. “Algumas fazem isso por um sanduíche porque estão famintas e precisam comer”, disse Lazos ao “Times”. “Outras (fazem sexo) em troca do pagamento de contas urgentes ou para acertar dívida com traficantes de droga”, acrescentou ele.

A prostituição é legalizada na Grécia, mas poucos bordéis têm autorização para o funcionamento. Cerca de 18,5 mil prostitutas atuam, ilegalmente, nas ruas do país. A maior parte tem entre 17 e 20 anos.

Fonte: The Times

Escreva Um Comentário