Crônicas muito engraçadas e divertidas – Ih! Esqueci deste detalhe

Ia ser maravilhoso rever aquela fazenda que tinha feito parte da sua infância. Ela se lembra muito bem das tardes em que a mãe dela ia até a fazenda para cortar o cabelo da turma toda. A dona Albertina mandava o carro pegar a mãe dela em casa e depois trazia de volta pra casa.

Para ela era uma festa só. Ela, que só andava a pé, se divertia muito dentro daquele carrão de luxo que era super macio e muito confortável.

Enquanto a mãe dela estava cortando o cabelo e fazendo a unha do pessoal ela ficava passeando pela fazenda toda. Ia até o chiqueiro, ao curral, ao milharal, ao pomar, ao cafezal , ia jogar pedras no lago, corria atrás dos marrecos, brincava com os cachorros…Era tanta coisa que ela sempre desejava que o cabelo daquela turma crescesse de uma forma espetacular só para que ela pudesse ir lá acompanhar a mãe muitas e muitas vezes.

Muito tempo se passou. Provavelmente a fazenda não devia ter mais o charme e a imponência de antigamente, pois era uma das fazendas mais antigas e tradicionais da região, mas seria muito bom rever os lugares e as pessoas que ainda estivessem por lá.

O tempo estava excelente, céu azul, sol maravilhoso e havia poucos carros na rodovia. Um dia espetacular para fazer um passeio tão especial.

O pedágio estava logo ali adiante… Ela diminuiu a velocidade e foi para a cabine do “Sem Parar” que é um sistema de cobrança de pedágio mensal e não avulso. Foi quando:

PLOOOOOFT!

O carro dela arrebentou a cancela do pedágio. Num misto de susto e surpresa tão grande ela parou o carro no acostamento. Quando ela observou melhor o carro é que ela percebeu o engano que havia cometido: Aquele carro não era o carro dela e sim o carro do seu marido. Por causa das muitas viagens que ela fazia à uma cidade do interior ela resolveu colocar o “ Sem Parar” no carro dela. No entanto, aquele carro, o carro do marido dela, não tinha o tal do adesivo do “sem parar”.

Resultado: uma cancela quebrada, uma grana a menos na conta bancária e o passeio teve que ser transferido para outro dia porque o farol do carro havia quebrado.

Escreva Um Comentário