Crônicas mais emgraçadas e divertidas – Boca de urna é proibido

O pessoal daquela região participava da eleição mesmo. Cada um tinha um candidato do coração eles colocavam camisetas, bonés, cartazes e principalmente carregavam e distribuiam panfletos, panfletos e mais panfletos.

Els tinham que votar numa escola um pouco distante da residência deles porque haviam mudado-se à pouco tempo. No canminho eles tinham que passar por diversas escolas onde também estava ocorrendo a votação. Assim que eles iam se aproximando o pai já falava:

-Levantem os vidros crianças ! Levantem!

Muitas vezes os aplicados cabos eleitorais eram mais eficientes e promoviam uma verdadeira inudação de panfletos de propaganda eleitoral lá dentro do carro, era panfleto para tudo quanto era lado. Se um dos garotos olhasse para o outro poderia ver a cabeça coberta de panfletos de candidatos. Tinha santinho de tudo quanto era tamanho.

Foi assim até que eles chegaram a escola onde a família ia votar. Eles esperaram e votaram na esperança de que aquele voto fosse o ínicio de uma verdadeiara mudança na história deste país.Eles entraram no carro e estavam indo para casa, mas o carro estava cheio de panfletos e eles começaram a jogar na rua. Nisso um policial que estava passando os repreendeu:

  • Cidadão! Francamente! É por isso que o Brasil não vai prá frente. O senhor não sabe que fazer boca de urna no dia da eleição é proibido? Olha o péssimo exemplo que o senhor está dando para a comunidade e principalmente para a sua família.

Escreva Um Comentário