Como responder à pergunta sobre pretensão salarial?


Falar sobre remuneração ainda causa desconforto entre profissionais de diversas áreas e é considerado um tabu pela maioria das pessoas. Muitas empresas não costumam informar o valor definido para as vagas, e um número grande de candidatos não está preparado para propor uma pretensão salarial de maneira adequada.

É comum que as empresas usem a pretensão salarial como um dos muitos critérios dentro de um processo seletivo. Dessa forma, é possível que os recrutadores encontrem os perfis compatíveis com as vagas de acordo com o valor que a empresa está disposta a pagar.

Traçar uma estimativa do salário ideal envolve uma série de fatores e, para isso, é preciso que o candidato leve em conta questões como cargo pretendido, porte da empresa, jornada de trabalho, experiência profissional, entre outros.

Neste artigo reunimos algumas dicas que te ajudarão a definir uma pretensão salarial adequada. Confira:

Pesquise a faixa salarial da área

Para conseguir criar uma estimativa salarial justa, é importante pesquisar quanto o mercado está pagando para profissionais da sua área de atuação e de acordo com o seu atual nível de experiência.

Conversar com colegas de mercado é mais um recurso que pode te auxiliar a definir a sua remuneração.

É possível também encontrar informações em sites especializados em carreiras sobre piso salarial.

Entenda o perfil da empresa que você se candidatou

Além da área de atuação e nível profissional, existem diferentes variáveis que influenciam no valor final dos salários, e uma delas é o porte da empresa.

Portanto, você encontrará variações na remuneração entre pequenas, médias e grandes empresas. Essa oscilação é comum, mesmo quando falamos do cargo e tempo de experiência.

Leve em conta o custo de vida da região onde vai trabalhar

Entender os custos da região onde está situada a empresa é determinante para definir uma pretensão salarial adequada. Os gastos com moradia, alimentação, transporte e saúde são fundamentais para te ajudar a definir uma pretensão salarial compatível.

Por exemplo, ainda que seus níveis hierárquicos sejam os mesmos, o salário de um profissional que trabalha em uma capital será superior ao do que trabalha em uma empresa no interior.

Saiba quais são os benefícios oferecidos

Leve em conta os benefícios oferecidos pelo empregador para definir sua estimativa de salário.

Vale-transporte, refeição e alimentação, seguro-saúde, bolsas de estudo, participação nos lucros ou um horário de trabalho flexível. Esses são os benefícios mais comuns oferecidos pelas empresas, e eles impactam diretamente na remuneração de um candidato.

Crie uma estimativa levando em conta sua experiência

Seja você um aprendiz, um analista júnior, pleno, sênior ou se já ocupar um cargo de coordenação e gerência, a sua pretensão salarial deve ser condizente com o momento da sua carreira.

Cursos de graduação, pós-graduação, mestrado ou MBA também contam na hora de fazer uma proposta salarial para uma empresa.

Não crie valores fora da realidade do mercado

Embora muitos acreditem que pode ser um bom negócio criar uma proposta salarial abaixo da média de mercado, na prática os resultados podem não ser como o esperado.

Ainda que possa facilitar no processo seletivo para ocupar uma vaga de emprego, isso pode trazer frustrações futuras, como trabalhar muito e ter um salário incompatível com suas necessidades.

Independente da área de atuação ou do nível de experiência, estimar a pretensão salarial ainda é um dos grandes desafios enfrentados por quem busca recolocação profissional. Com estudo e as informações certas, ficará ainda mais fácil para você propor um salário condizente com as suas expectativas.

Escreva Um Comentário