Como ficar com uma amiga sem perder a amizade

Não é de hoje que recebo pedidos e mais pedidos de ajuda para quem está louco para ficar com aquela amiga bem gata.

Mais do que isso, volta e meia me perguntam como ficar com uma amiga sem perder a amizade, afinal de contas, pegar a amiga não é o mais difícil, pois o principal desafio é manter a amizade intacta após a ficada.

Pois bem, eu entendo essa dificuldade justamente porque também estive no seu lugar, isto é, um dos dilemas que eu já tive foi definir as melhores formas de conquistar uma amiga sem colocar em risco a nossa amizade, que era muito importante para ambos.

Isso aconteceu mais de uma vez e nem sempre eu tive resultados satisfatórios. Porém, você pode seguir o exemplo que deu certo, como explicarei a seguir.

Veja como ficar com uma amiga sem perder a amizade

1. Controlar seus impulsos

Por mais que seja complicado lidar com os próprios sentimentos, é indispensável controlar os seus impulsos, que provavelmente são beijar a gata e se declarar para ela na primeira oportunidade.

Eu sei disso porque já meti os pés pelas mãos ao fazer essas coisas na hora errada e no local mais inadequado possível.

Na minha primeira paixão por uma amiga, eu não aguentei e contei para ela tudo o que eu estava sentindo. Onde? Na lanchonete de um curso que nós fazíamos. Quando? No intervalo entre as aulas.

Claro que a garota não estava preparada e foi só o sinal tocar para ela contar para todo mundo o que tinha acabado de acontecer. Para piorar, eu tentei beijá-la, mas o beijo passou longe da trave.

Depois daquela experiência desastrosa, eu comecei a ter mais cuidado com minhas abordagens, visto que aquilo me custou uma amizade até então duradoura.

Antes de fazer uma declaração, eu meio que preparava o terreno, dando várias indiretas, sempre me policiando para não passar do limite.

Assim, eu só chegava aos finalmente, ou seja, ao momento de admitir que eu queria ficar com a gata, após ter certeza de que ela não ficaria completamente chocada com a notícia.

2. Não viver em função da moça

Outra coisa que eu passei a colocar em prática foi a realização de atividades que não necessariamente incluíam a moça em questão.

Desse modo, ela começava a sentir a minha falta e se indagava com quem eu estava e o que eu estava fazendo.

Independentemente de recorrer à prática de esportes ou a outros programas com amigos, o que importava era causar um pouco de ciúme na gata, mostrando a ela que eu não vivia em função dela e tinha outras companhias também.

Depois de notar que a garota tinha começado a ficar inquieta diante da minha indiferença a ela, eu contava meus programas sem ela, não entrando em muitos detalhes e deixando que a imaginação dela rolasse solta.

Aí era só uma questão de tempo até que a gata demonstrasse interesse em mim, não mais como amigo apenas.

3. Abrir o jogo

Por fim, uma estratégia que tinha que ser aplicada com muito cuidado era abrir o jogo de uma vez. Claro que sempre existe a chance de rejeição, mas se você fizer como eu, essa chance não será tão grande.

Para tanto, seja o mais honesto possível, deixando claro se você gostaria de ficar com a sua amiga apenas para sexo sem compromisso ou para investir numa relação séria.

Não importa a resposta, você precisa colocar a amizade como prioridade, o que tende a provar que você não quer simplesmente passar uma borracha em tudo o que aconteceu até o momento.

Escreva Um Comentário