Como é feito o açúcar?

Several types of sugar - refined and granulated

O açúcar é fabricado em usinas de cana-de-açúcar. Mas tudo começa na plantação, feita por máquinas que abrem buracos no solo e depositam pedaços cortados de cana, que servem como mudas.

No Estado de São Paulo, cerca de metade da colheita também é realizada por máquinas. A palha é separada da cana e deixada sobre o solo. Uma colheitadeira chega a tirar 800 toneladas de material por dia.

Já a colheita manual é feita por trabalhadores rurais, que queimam a palha para facilitar o corte e afastar animais venenosos. Com o facão, eliminam a cana rente ao solo. Mas um acordo assinado entre o governo do Estado de São Paulo e as indústrias da cana-de-açúcar determina que esse método acabe até 2017. Além de perigoso para os trabalhadores, a queimada prejudica o meio ambiente.

Um enorme caminhão leva o produto para a usina. O transporte demora menos de 24 horas para evitar a perda da qualidade. Após pesar o veículo, parte da colheita é retirada e analisada em laboratório para saber o teor de sacarose (quantidade de açúcar presente na cana). Em seguida, a carga vai para a esteira. Se a cana foi colhida manualmente, é lavada para retirar as impurezas. Depois, vai para área em que será moída.

O caldo mais rico em sacarose segue para a produção de açúcar. Primeiro passa por tratamento químico para purificação, depois por evaporação e cozimento. Na máquina centrífuga, os cristais de açúcar são separados, secos, peneirados e, então, armazenados.

O produto é empacotado para comercialização ou colocado em embalagens de grande porte para fins industriais. Todo esse processo dentro da usina leva 15 horas.

Recicla-se tudo o que sobra durante a produção

Todos os resíduos do processo que transforma a cana-de-açúcar em açúcar ou álcool são reciclados. Um desses restos é a torta de filtro, que sobra da filtração do caldo de sacarose (retirado da cana). Por ter grande quantidade de fósforo (substância química), serve como adubo orgânico nas lavouras.

Outro produto é a vinhaça, líquido que sai da fermentação do melaço (resíduo da fabricação do açúcar). Tem muito potássio e outros minerais. Assim, a vinhaça é transformada em fertilizante orgânico para plantações. Ao usá-lo, as indústrias reduzem a quantidade de fertilizantes químicos à base de petróleo.

Parte da palha retirada na colheita também tem utilidade. Em geral, é deixada sobre o solo para evitar a erosão (destruição) e manter a terra fértil. Algumas empresas a transformam ainda em bioeletricidade.

Escreva Um Comentário