Cobra


Cobra é uma denominação genérica, utilizada frequentemente na língua portuguesa como sinônimo para serpente.

É também uma denominação comum entre europeus para designar espécies asiáticas, da subordem Ophidia e do gênero Naja. O nome é uma abreviação de cobra-de-capelo ou cobra-capelo.

A maior parte das cobras põe ovos e a maior parte destas os abandona pouco depois da ovoposição. No entanto, algumas espécies são ovovivíparas e retêm os ovos dentro dos seus corpos até se encontrarem prestes a eclodir.

Recentemente, foi confirmado que várias espécies de cobras desenvolvem os seus descendentes completamente dentro de si, nutrindo-os através de uma placenta e um saco amniótico. A retenção de ovos e os partos ao vivo são normalmente, mas não exclusivamente, associados a climas frios, sendo que a retenção dos descendentes dentro da fêmea permite-lhe controlar as suas temperaturas com maior eficácia do que se estes se encontrassem no exterior.

Uso do termo

Cobra pode se referir a:

  • Qualquer membro do gênero Naja, também conhecidas como cobras típicas;
  • Qualquer membro do gênero Boulengerina;
  • Qualquer membro do gênero Aspidelaps;
  • Qualquer membro do gênero Pseudohaje;
  • Paranaja multifasciata;
  • Cobra-rei;
  • Rinkhals;
  • Micrurus fulvius;
  • Hydrodynastes gigas.

Espécies mais conhecidas

  • Cascavel
  • Coral-verdadeira
  • Falsa-coral
  • Surucucu
  • Urutu
  • Cobra-de-escada
  • Cobra-do-milho
  • Cobra-verde
  • Muçurana
  • Sucuri
  • Cobraila
  • Jiboia
  • Píton-real
  • Píton-reticulada
  • Cobra-d’água
  • Mamba-negra
  • Cobra-papagaio
  • Papa-ovo
  • Papa-pinto
  • Naja
  • Caninana
  • Jararaca
  • Jararacuçu-do-brejo

Escreva Um Comentário