Chorando de barriga cheia – Textos curtos e engraçados

Era final de tarde. Um jovem estava de passagem por uma grande praça no centro da cidade quando ele passou diante de um banco onde estava sentado um homem muito bem vestido e que chorava desesperadamente.

Comovido com aquela dolorosa situação o jovem resolveu conversar um pouco com o triste, mas distinto cavalheiro.

  • Senhor! O que foi que aconteceu? É alguma desilusão amorosa? É algum problema em casa? A sua esposa o abandonou? Os seus filhos estão bem? Perguntou o empático moço.

  • Não meu jovem! Eu tenho uma esposa linda, meus filhos são maravilhosos. A minha esposa me ama demais e eu também a amo loucamente. Os meus filhos são os melhores filhos que um homem poderia querer. Respondeu o inconsolável homem.

  • Então só pode ser por motivo financeiro. A empresa do senhor faliu e o senhor está na miséria. É isso? Perguntou o interessado jovem.

  • Também não meu rapaz! Eu tenho muitas empresas e elas, além de me darem muita alegria, me dão um lucro espetacular. Tenho ainda muito dinheiro investido em minas, em poços de petróleo, possuo muitos imóveis e fazendas… Enfim! Eu sou um homem muito rico. Esclareceu o enigmático senhor.

  • Puxa vida! Quantas e quantas pessoas não possuem nada disso que o senhor tem e que, ainda sim, são extremamente felizes. O senhor deveria se envergonhar disso. Quantos não gostariam de estar aí no lugar do senhor e o senhor fica aí chorando e se lamentando. Francamente! O senhor não tem vergonha de ficar assim, chorando de barriga cheia? Perguntou o inconformado rapaz.

  • Eu sei meu jovem! Eu sei de tudo isso! É por isso que eu choro. Eu não consigo me lembrar onde eu moro. Explicou o homem.

Escreva Um Comentário