Canudos: Com seca, localidade tem 54 famílias sem água potável

canudos-com-seca-localidade-tem-54-familias-sem-agua-potavel


A cidade de Canudos, no Sertão do São Francisco, nordeste baiano, é mais uma a ter o decreto de emergência por estiagem reconhecido pelo Estado. A condição foi publicada nesta terça-feira (22) no Diário Oficial do Estado. De acordo com o secretário de administração da cidade, Fabrício Gonçalves, a área mais afetada fica na localidade de Bom Jardim, que fica a 104 quilômetros da sede do município. São 54 famílias que não tem ainda água potável. “É uma situação muito difícil”, diz Gonçalves ao Bahia Notícias. Em Canudos, a condição de emergência vigora por 180 dias, com início antecipado em 14 de outubro. Na cidade, 69% da população, ou 11,8 mil dos 17,2 mil moradores, são afetadas pela estiagem. Os dados são produzidos pela prefeitura e encaminhados à Superintendência de Defesa Civil do Estado (Sudec). Ainda segundo o secretário, na última vez que o município teve o decreto reconhecido, a cidade recebeu R$ 40 mil para despesas necessárias, como carros-pipa, mas o dinheiro não deu nem para um mês. “É complicado. A gente quer receber mais, mas o governo fala em falta de recurso”, lamenta. Para tentar aliviar os problemas da estiagem, o secretário informou que a prefeitura instalou 22 poços artesianos e implantou 5 dessalinizadores. A atividade econômica mais forte de Canudos vem da agricultura, como o cultivo de banana, e da criação de animais de pequeno porte, como o rebanho de caprinos. A cidade é uma das 74 da Bahia com decreto de emergência reconhecidos pelo Estado.

BN

Escreva Um Comentário