Brasil vence a Argentina e reencontra russos na semifinal no voleibol

Após um começo irregular, a seleção brasileira masculina de voleibol parece estar encontrando seu caminho nos Jogos Rio 2016. O time do técnico Bernardinho teve boa atuação, derrotou a Argentina por 3 sets a 1 (25/22, 17/25, 25/19 e 25/23) no ginásio do Maracanãzinho e garantiu sua vaga nas semifinais, onde encontrará a Federação da Rússia, atual campeã Olímpica e equipe que tirou o ouro do Brasil em Londres 2012.

“Quis o destino que voltássemos a encontrar eles quatro anos depois, agora na semifinal. Estamos com diversos problemas físicos, mas vamos com tudo, mesmo se estivermos sem pé e sem mão”, disse o capitão Bruno.

A semifinal está marcada para sexta (19), às 22h15. O outro confronto, entre Estados Unidos e Itália, será mais cedo, às 13h. A final está marcada para domingo (21), último dia dos Jogos Rio 2016.

O oposto Wallace foi o destaque da vitória brasileira com 24 pontos. Lipe, Mauricio Borges e Lucas marcaram 11 pontos, cada. Cristian Poglajen e Facundo Ponte fizeram 14 e 12 pontos para a Argentina.

“Sabíamos que não seria fácil. Jogar contra a Argentina nas quartas-de-final é sempre difícil. Eles exigiram muito de nós, mas o time respondeu muito bem. Mais uma vez mostramos que precisamos dos doze jogadores sempre. Os que entraram hoje foram muito bem”, comentou Wallace.

Russos são adversários na semifinal

Maxim Mikhaylov comandou a vitória russa sobre o Canadá (Foto: FIVB)

Nas semifinais, a seleção brasileira encontrará a Federação da Rússia, reeditando a final dos Jogos Londres 2012, quando os russos saíram com o ouro. A equipe europeia não teve dificuldades para garantir sua vaga diante do Canadá, vencendo por 3 sets a 0, parciais de 25/15, 25/20 e 25/18. O oposto Maxim Mikhaylov foi o maior pontuador na vitória russa com 18 pontos.

“Foi o melhor jogo que disputamos no torneio até agora. Estamos bem preparados para jogar e os jogadores que vieram do banco entraram muito bem”, disse o capitão russo, Sergey Tetyukhin.

Na outra semifinal, se encontrarão Estados Unidos e Itália. Os americanos avançaram derrotando aPolônia, atual campeã mundial, por 3 a 0 (25/23, 25/22 e 25/20), com 15 pontos do ponteiro Aaron Russell. Já os italianos contaram com 18 pontos do oposto Ivan Zaytsev para passar pelo Irã também em três sets (31/29, 25/19 e 25/17).

“Foi uma surpresa termos vencido um time tão forte como a Polônia desta forma. Ganhamos o jogo com o nosso saque, que limitou as opções ofensivas deles. Isso foi fundamental para nós”, disse o central David Lee, capitão da seleção americana.

 

fonte: https://www.rio2016.com

Escreva Um Comentário