Brasil luta, mas estreia com derrota para a Lituânia no basquetebol

A seleção masculina de basquetebol do Brasil mostrou poder de reação, mas acabou pagando pelo mau início de jogo e estreou com derrota nos Jogos Rio 2016. Neste domingo (7), a equipe treinada por Rubén Magnano perdeu para a Lituânia por 82 a 76, na Arena Carioca 1, na primeira rodada do Grupo B.

O começo irregular do Brasil, que tinha dificuldades no ataque e deixava espaços na defesa, fez com que a Lituânia fosse para o intervalo com 29 pontos de vantagem (58 a 29). Na segunda etapa, o time da casa reagiu e cortou a diferença, mas não conseguiu evitar a derrota.

Apesar do revés, o armador Leandrinho foi o cestinha do confronto, com 21 pontos. Raulzinho, com 14, e Nenê, com 11, além de oito rebotes, também foram bem. Os destaques lituanos foram o armador Mantas Kalnietis, com 16 pontos e assistências, e o ala Paulius Jankunas, com 15 pontos e sete rebotes.

“Foi uma derrota dura. Não fomos nós mesmos no primeiro tempo e isso deu confiança à Lituânia. No segundo tempo, nossa mentalidade mudou, mas já era tarde. Temos que começar de modo diferente no próximo jogo. Vamos aprender essa lição e melhorar”, prometeu Leandrinho.

O Brasil terá nova chance de buscar sua primeira vitória nos Jogos na terça (9), às 14h15, diante da Espanha, medalhista de prata em Pequim 2008 e Londres 2012. No mesmo dia, às 19h, a Lituânia enfrenta a Nigéria.

Seleção feminina dos Estados Unidos estreia com recorde

Seleção americana agradece apoio do público após vitória esmagadora sobre Senegal em Dedooro (Foto: Getty Images/Sean M. Haffey)

O dia também ficou marcado pela impressionante estreia da seleção feminina dos Estados Unidos. Jogando na Arena da Juventude, em Deodoro, a equipe campeã das últimas cinco edições Olímpicas atropelou o Senegal, vencendo por 121 a 56. Foi a maior pontuação já alcançada por uma equipe nos Jogos.

Três jogadoras americanas terminaram a partida com 15 pontos marcados: Breanna Stewart, Diana Taurasi e Sylvia Fowles.

“Recordes são muito divertidos de olhar no futuro, mas o que importa em jogo de basquetebol é o jogo bonito, até mais do que os pontos que você consegue marcar. Demos boas assistências, criamos boas jogadas e tomamos as decisões certas”, elogiou a veterana armadora Sue Bird.

O próximo compromissos da seleção americana já é nesta segunda (8), contra a Espanha, novamente na Arena da Juventude.

 

fonte: https://www.rio2016.com

Escreva Um Comentário