Brasil bate a Itália e entra para o seleto grupo de tricampeões Olímpicos no vôlei


Uma campanha de recuperação para uma final impecável em quadra – com direito a Maracanãzinho em transe, muita festa e presenças ilustres. O Brasil conquistou neste domingo (21) o tricampeonato Olímpico no voleibol masculino, ao bater a Itália por 3 sets a 0 (25/22, 28/26 e 26/24) e entrou para o seleto hall de equipes com três medalhas de ouro, igualando os feitos de Estados Unidos e da extinta União Soviética. A Federação da Rússia tem um título.

De quebra, a equipe do técnico Bernardinho ajudou o Brasil a ter o seu melhor desempenho Olímpico da história, com sete medalhas de ouro, seis de prata e seis de bronze, ocupando a inédita 13ª posição no quadro geral de medalhas da Rio 2016.

“O time mereceu o ouro por tudo o que passou e pelo tanto que lutou. Para mim, foi a maior conquista possível. Acho que amadureci muito de Londres para cá e agora é comemorar muito”, disse o oposto Wallace, maior pontuador da final, com 20 pontos.

O atacante destacou o papel do líbero Serginho, de 40 anos, único remanscente do elenco campeão em Atenas 2004, na motivação da equipe.

“Ele falou algo que foi fundamental para nós. Disse que teríamos outra chance, mas ele não”, revelou.

Escreva Um Comentário