Apresentadora reclama de ter sido demitida após protesto

Tudo ia muito bem, obrigado, na carreira de Sarah-Jane Honeywell. Aos 42 anos, ela era uma das apresentadores mais famosas do Reino Unido.

Mas, então, ela passou a militar por direitos dos animais e, pouco depois, foi demitido. Segunda ela própria, a culpa foi de uma simples foto.

Na imagem em questão, a britânica representa um bife em um prato de comida. A imagem chocou os britânicos e a BBC não demorou para mandar embora a apresentadora.

O motivo do choque britânico é que Sarah-Jane é uma espécie de Xuxa por lá. Talvez não em termos de fama, mas sim em relação ao público-alvo: ela é apresentadora de programa infantil.

Essa não é a primeira vez que Sarah usa de imagens para defender os animais. No ano passado, grávida, ela tirou a roupa em protesto vegan da PETA. À época, não houve tanto choque. Agora, ela apenas lamenta a postura da BBC.

“O meu desejo ingênuo de transparência e viver com liberdade acabou custando meu emprego”, se limitou a dizer ela após o episódio. A BBC não se pronunciou oficialmente sobre a demissão.

Escreva Um Comentário