Americana derruba lenda japonesa na luta Olímpica

Saori Yoshida só sofreu três derrotas em sua carreira profissional na luta Olímpica. E uma delas, nesta quinta (18), lhe custou um lugar na história. A lutadora japonesa chegou perto de igualar o feito da compatriota Kaori Icho, única tetracampeã Olímpica do esporte, mas caiu na final da categoria até 53kg, disputada na Arena Carioca 2, e não conseguiu.

Treze vezes campeã mundial, Icho levou o ouro em Atenas 2004, Pequim 2008 e Londres 2012. Sua trajetória parou na americana Helen Maroulis, que venceu por pontos.

“Ela foi mais forte do que eu. Eu deveria ter atacado antes e com mais velocidade, mas ela teve mais força”, resumiu Yoshida.

Se a japonesa perdeu a chance de fazer história, o mesmo não pode ser dito sobre a americana, primeira mulher de seu país a ganhar o ouro na luta Olímpica.

“Eu sonhei em vencê-la por muito tempo. Ela é uma heroína. É a atleta mais vitoriosa do meu esporte. Foi uma honra tê-la derrotado”, comentou Maroulis.

Os dois bronzes da categoria foram para Sofia Mattsson, da Suécia, e Natalya Sinshin, do Azerbaijão.

Japão vence na categoria até 63kg

Campeã na categoria até 63kg, Risako Wakai comemora com a bandeira japonesa (Foto: Getty Images/Julian Finney)

Se levou a prata com Yoshida, o Japão foi ao topo do pódio na categoria até 63kg com Risako Kawai, que Maryia Mamashuk, de Belarus, por pontos na decisão. A polonesa Monika Michalik e a cazaque Yekaterina Larionova completaram o pódio.

Na categoria até 75kg, quem subiu ao topo do pódio foi canadense Erica Wiebe, que superou a cazaque Guzel Manyurova por pontos na final. A russa Ekaterina Bukina, que eliminou a brasileira Aline Silva, vice-campeã mundial em 2014 nas quartas, e a chinesa Fengliu Zhang ganharam o bronze.

Nesta sexta (19), duas categorias colocarão suas medalhas em jogo no Rio 2016: até 57kg e até 74kg, ambas no masculino.

 

fonte: https://www.rio2016.com

Escreva Um Comentário