Ainda sem acordo, Sindicato dos Rodoviários ameaça parar hoje às 18h

Rodoviários aguardam uma resposta da Prefeitura para esta tarde de quarta-feira, primeiro dia oficial de Carnaval,Diante do impasse da negociação entre o Sindicato dos Rodoviários e os empresários de ônibus para o pagamento de gratificação do Carnaval, a categoria ameaça parar de circular às 18h desta quarta-feira (3), primeiro dia oficial da festa em Salvador. De acordo com o diretor de Comunicação do Sindicato, Daniel Mota, a categoria não abre mão do acordo de bonificação no valor de R$ 1,5 milhões, firmado junto ao prefeito ACM Neto.

A negociação tem sido intermediada pela Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob), através do secretário Fábio Mota. Em nota, a Semob afirmou que a categoria recebeu gratificação no valor de R$ 600 mil em 2014 e de R$ 700 mil em 2015, mas o sindicato nega. “Isso não é verdade. A primeira gratificação foi de R$ 460 mil, que deu pouco mais de R$ 30 para cada rodoviário. Em 2015, eles deram R$ 600 mil, pouco mais de R$ 70 para cada”, calculou Daniel Mota.

De acordo com o Sindicato dos Rodoviários, com a gratificação de R$ 1,5 milhões, os 12 mil trabalhadores receberão R$ 125 cada pelos cinco dias de trabalho no Carnaval. “Estamos na expectativa do chamado do Prefeito ou de Fábio Mota para fechar o acordo. Não abrimos mão do diálogo”, garantiu Daniel Mota, dando prazo para uma resposta ainda nesta tarde.

Em contato com a Semob, a secretaria afirmou que ainda não foi noticiado oficialmente sobre a paralisação às 18h nesta quarta-feira (3), mas, caso ocorra, o órgão tem um plano emergencial para atender a população.

Escreva Um Comentário