Adolescente com morte cerebral volta a viver após oração da mãe


Ao ouvir a notícia, ela começou a orar em voz alta: “Santo Deus, por favor, envia o Espírito Santo para salvar meu filho. Quero que meu filho viva. Por favor, traga vida”, clamava Joyce

adolescente John Smith, de 14 anos, que brincava com amigos de escorregar no gelo, caiu no lago e afogou-se, permanecendo 15 minutos debaixo d’água.
Os regatistas encontraram um dos amigos agarrado a um pedaço de gelo, mas John permanecia desaparecido. Quando o corpo de Smith foi localizado, foi levado ao hospital onde os médicos tentaram reanimá-lo por quase 30 minutos, porém sem êxito.
Após a tentativa de revivê-lo, e com o diagnóstico de que ele já estava morto há 45 minutos, o médico Ken Sutterer chamou a mãe do garoto para dar a notícia de sua morte.
Ao ouvir a notícia, ela começou a orar em voz alta: “Santo Deus, por favor, envia o Espírito Santo para salvar meu filho. Quero que meu filho viva. Por favor, traga vida”, clamava Joyce.
Minutos depois aconteceu um milagre. “De repente ouvi dizer: a pulsação voltou”, diz Sutterer.Smith foi transladado em avião ao Medical Center de Cardinal Glennon Children para um tratamento urgente, pois o cérebro permaneceu muito tempo sem oxigênio. Mas para surpresa dos médicos não havia nenhum dano cerebral, e em 48 horas o adolescente abriu os olhos e respondia perfeitamente aos médicos.“Hoje fui surpreendido com a vida, sou um verdadeiro milagre, e dou graças a Deus por isso”, disse Smith. “Existe uma razão pela qual estou com vida, então, apenas devo fazer a vontade de Deus”, completou.

Escreva Um Comentário