Acredite em você mesmo – Histórias engraçadas

  • Amor, eu não vou à recepção nenhuma. Não estou legal. Disse o marido que estava mais animado que professor de educação física.

  • Como não! Como assim, não vai? Não estou entendendo! O que é que está acontecendo com você? Esse não é o homem com quem eu me casei. Onde está o meu campeão? Perguntou a esposa do cidadão.

  • Sei lá onde está o seu campeão. Eu só sei que daqui de casa eu não saio nem com oração forte.  Ah! Imagina se eu vou sair daqui da minha casa toda gostosinha, nesse frio danado só pra chegar lá e ser humilhado. Você sabe muito bem que, ali, eu não tenho a menor chance de ganhar nenhum prêmio. Justificou o homem.

  • Amor, você não deve pensar assim. Eu não gosto quando você fica assim com esse ar de derrotado. Você é muito maior do que qualquer situação adversa. Você deveria pensar positivo. Vamos homem! Pra cima e pra frente é que gente deve pensar e andar. É claro que você tem muitas chances. Eu tenho certeza disso. Eu acredito em você. Disse muito entusiasmada, a carinhosa esposa.

  • Você acha mesmo amor? Você acha que eu tenho alguma chance? Perguntou o homem.

  • Acho não. Tenho certeza absoluta! Vamos lá garoto. Deixe de ser assim tão bobinho.  Disse a motivada esposa.

  • Ok! Eu vou me arrumar. Mais um que caiu na delicada e esperta lábia feminina.

Depois da badalada recepção:

  • Mulher, eu falei para você que aqui não ia dar nada. O cara tá muito fominha. Você viu? O cara papou novamente tudo quanto era prêmio. Fala sério! O moleque levou mais uma vez o prêmio de melhor jogador do campeonato paulista, de artilheiro, esse não tinha jeito mesmo, o cara mandou muito bem na artilharia. E o pior, o cara ganhou o prêmio de craque da galera. Traidores! Os internautas do Facebook e do Twitter garantiram que votariam em mim. Rede social? Sei! Isso é uma rede de traíras. Quero ver alguém me pedir autógrafo! Vou assinar é o nariz de vocês… Traidores… Desabafou o inconformado jogador.

  • Calma amor! Não fica assim não. O ano que vem tem mais. Deixa pra lá querido, o ano que vem você dá o troco nesse Neymar. Disse a inabalável e sempre confiante esposa.

  • É ruim heim mulher! Só se eu virar juiz. Segurar o Neymar na bola está ficando cada dia mais difícil… Só se eu virar repórter ou juiz de futebol… Você por acaso sabe onde tem um curso para juiz? Perguntou o homem.

Escreva Um Comentário