9 motivos que provam que existem dois tipos de garotas nesse mundo


Todo ser humano é um ser único em sua própria essência. Mas, existem alguns comportamentos que mostram que nem tudo é diferente. Como muitos desejos, anseios, vontades, medos, objetivos, etc., são parecidos – e, por vivermos em sociedade, isso é muito comum que aconteça – acabamos por nos assemelharmos em muitos momentos, atitudes, pensamentos… o que não quer dizer que sejamos, necessariamente, iguais.

Quando falamos sobre mulheres/garotas muita gente já torce o nariz, dizendo que mulheres são muito complicadas, alguns tem a capacidade de dizer que elas são loucastemperamentaisinconsequentes, entre tantas outras coisas desnecessárias. Afinal de contas, qualquer pessoa pode ter essas características, não são exclusivas das mulheres e, além do mais, apenas algumas se encaixam nesses famigerados padrões.

É muito importante lembrarmos que não temos o intuito de criticar, julgar, muito menos impor verdades absolutas. Nosso objetivo é único e exclusivo de informar e entreter. Por isso, o conteúdo dessa matéria se destina a aqueles que se interessarem e/ou identificarem. Sendo assim, a redação selecionou uma listinha com 9 motivos que provam que existem dois tipos de garotas nesse mundo.

Outro detalhe é o de que com esses itens não estamos generalizando, apenas mostrando que dentre os tantos tipos de mulheres que existem no mundo, por vezes, algumas podem estar inseridas nessas características. Será que você é uma delas?

1 – Amor próprio

01

  1. Uma tem. Ela é aquela que sabe exatamente o seu valor. O quanto é importante se amar e se cuidar. Tanto fisicamente quanto mentalmente.

  2. A outra não. Além disso, não faz ideia do quanto é importante. Precisa necessariamente ser avaliada constantemente pelos outros. Aceita tudo aquilo que é dito sobre ela, principalmente as coisas ruins.

2 – Escolhas

02

  1. Uma possui escolhas próprias. Está comprometida com elas e se envolve em seus próprios projetos, sem depender de qualquer pessoa para que se realizem.

  2. A outra precisa ter alguém a quem seguir, de uma pessoa que diga o que ela deve fazer e a que planos deve seguir. Não consegue traçar seu próprio caminho.

3 – Joguinhos

03

  1. Uma não faz joguinhos, não se deixa envolver em brincadeirinhas sentimentais. É firme sobre aquilo que sente e não deixa que abusem de sua boa vontade.

  2. A outra se deixa levar pelas emoções. Não consegue reconhecer quando um cara está brincando com seus sentimentos. Acaba sendo feita de gato e sapato pelo outro.

4 – Personalidade

04

  1. Uma sabe exatamente quem ela é. Tem suas próprias convicções, não se deixa levar por qualquer um. Suas opiniões são fortes e possui argumentos para debater.

  2. A outra não faz ideia. Se adapta a aquilo que o outro deseja. Faz de tudo para moldar sua personalidade para agradar aquele com quem ela está.

5 – Mentiras

05

  1. Uma sabe que os homens mentem para conseguirem absolutamente tudo o que querem.

  2. A outra acredita em absolutamente tudo o que eles dizem.

6 – Limites

06

  1. Uma respeita os limites dela mesma e de seu parceiro. Sabendo que é necessário ter vida própria, ter sua individualidade.

  2. A outra não faz ideia do que são limites. Vive a vida do outro como se fosse sua. Tomando suas dores, alegrias, problemas e soluções para ela mesma.

7 – Respeito

07

  1. Uma observa diariamente em como está sendo tratada. Não tolera abusos e possui respeito a si mesma. Considera seu corpo seu templo, suas regras.

  2. A outra não consegue aceita tudo, mesmo quando está com dor não se movimenta para que a situação mude. Apenas acha que deve aceitar a dor por “precisar” de alguém a seu lado.

8 – Adeus

08

  1. Uma sabe quando deve terminar um relacionamento. Entende que deve ir embora porque aquilo lhe faz mal.

  2. A outra não faz ideia do que fazer, e se sujeita a ser tratada como capacho.

9 – Reconhecimento

09

  1. Uma sabe aproveitar ela mesma. Seus momentos, suas conquistas. Sabe ser feliz sozinha.

  2. A outra tem pavor de sua solidão.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Realmente existem esses dois tipos de mulheres? Encontraram algum erro? Ficaram com alguma dúvida? Possuem sugestões? Não se esqueçam de comentar com a gente!

Escreva Um Comentário