9 coisas que, por incrível que pareça, foram banidas em alguns lugares do mundo


Teoricamente, as leis foram criadas para proteger as pessoas, entretanto, existem algumas proibições bizarras em alguns lugares no mundo que certamente deixa a maioria das pessoas de boca aberta, uma vez que coisas simples que vemos no dia a dia podem ser vistas como algo ruim em outros lugares. A seguir você confere alguns exemplos.

Coisas (e pessoas) que incrivelmente foram banidas em alguns lugares do mundo

Pornografia

Acredite se quiser, no Paquistão, um garoto de 15 anos foi o grande responsável por banir mais de 780 mil sites pornôs no país, tudo com o intuito de acabar com a busca por pornografia online.

Até onde se sabe, o governo do país teria contratado o adolescente para encontrar o maior número de sites com conteúdo adulto possível, e ele realizou o trabalho com grande orgulho.

Brad Pitt

O ator Brad Pitt ficou proibido de entrar na China depois de fazer parte do elenco do filme “Sete anos no Tibet”, há 20 anos. Só que em 2016, ele foi autorizado a retornar ao país para promover um novo trabalho.

Megan Fox

Antes de se tornar uma atriz reconhecida em Hollywood, Megan Fox viveu uma fase de rebeldia na adolescência. Reza a lenda que certa vez ela foi flagrada tentando roubar um gloss labial de apenas US$ 7 do Wal Mart, na Flórida, após isso ela ficou proibida de entrar em qualquer estabelecimento da franquia.

Leia também:

Reencarnação

Como se já não fosse um grande o trabalho criar leis para os vivos, a China parece que decidiu criar leis também para os mortos. Pode parecer inusitado para alguns, mas há lugar na China que teria proibido que monges ou qualquer outra pessoa tenha o direito da reencarnação sem antes conseguir a autorização das autoridades.

Cortes de cabelo

No Brasil quando você vai ao salão de cabeleireiro pode escolher qualquer corte que deseja, certo? Mas segundo informações, no Irã a coisa não é bem assim. Isso porque até onde se sabe, os cortes considerados “ocidentais, homossexuais ou ligados ao demônio” são proibidos.

Roupas amarelas

Na época em que os manifestantes se organizaram nas ruas pedindo a saída do primeiro-ministro da Malásia usando roupas amarelas, o governo não pensou duas vezes em criar uma nova lei. Ficou proibido usar roupas na cor amarela em público, uma vez que elas estavam ligadas ao protesto.

Viagem no tempo

Filmes de ficção científica que abordam viagem no tempo, parecem ter deixado o governo chinês preocupado. Ao que parece, se tornou proibida em alguns lugares a exibição de qualquer filme ou série de TV que inclua elementos de viagem no tempo.

Manequins

Para poder expor as roupas em vitrines, as lojas costumam usar manequins, mas em alguns casos as peças acabam expondo partes do manequins, e isso não é algo aceitável no Irã. Informações sugerem que o governo proibiu manequins que não estão completamente cobertos ou tiveram os seios removidos. Sendo uma pessoa real ou não, não pode expor o corpo.

Dicionários

Segundo informações divulgadas na web, quando o governo percebeu que os jovens estavam usando o dicionário para aprender todo o tipo de palavreado, incluindo palavrões, xingamentos e vocabulário obscenos, o governo da Califórnia teria acreditado que a melhor decisão seria proibir o dicionário no estado norte-americano.

fonte: http://www.clickgratis.com.br/bizarro/

Escreva Um Comentário