8 verdades sobre fazer trabalho em grupo que ninguém te conta

Todos nós, sem exceção somos submetidos a uma série de avaliações em nossas vidas. Porém uma delas realmente pode ser inesquecível (para o bem e para o mal), o famoso trabalho em grupo.

Geralmente esse tipo de dinâmica consiste em desenvolver e apresentar um projeto, que deve ser formado por 3 ou mais participantes.

É nessas condições que percebemos que o ser humano em sua individualidade possui muitas peculiaridades, características essas que definitivamente dificultam o trabalho que deve ser desenvolvido em conjunto.

Já se lembrou de todos os “perrengues” que passou até hoje, quando esteve nessa situação? Ainda não? Confira!

1- Vocês não serão avaliados pelo o que fizeram ou aprenderam, mas pelo o que conseguiram apresentar

07

Todo mundo sabe que a hora da apresentação pode ser muito mais complicada do que a elaboração do trabalho em si. É comum ficarmos nervosos, ter um branco ou até mesmo não conseguir dizer a sua parte como deveria.

Por esse motivo, e também pelo fato de que o que foi dito é o que realmente vale, e não o que gostaria ou saberia se dizer, podemos afirmar que nesse momento, você não está sendo avaliado por aquilo que estudou ou aprendeu, mas também pelas suas habilidades de oratória e clareza.

2- Parece muito mais fácil antes de iniciar do que realmente é

03

Isso já aconteceu com você? Você acreditava com toda a sua ingenuidade que o projeto era até bastante simples, mas notou na prática que trabalhar em grupo é muito mais complicado do que fazer o trabalho em si.

3- Sempre existe personalidades dominantes que conduzirão o clima do grupo

02

A individualidade e as diferentes personalidades realmente podem ser uma grande vantagem ou problema para o grupo. Uma vez que naturalmente surgirão lideranças e nessa hora, se existir muitas pessoas de personalidade fortes, os conflitos podem e provavelmente irão surgir.

4- O intuito dos professores muitas vezes é apenas corrigir menos trabalhos

08

Tudo bem, que a dinâmica em grupo, o processo da apresentação e até mesmo a elaboração do trabalho são muito importantes e interessantes técnicas avaliativas. Por outro lado, acreditem, existem professores que apreciam mesmo é a facilidade que esse tipo de trabalho proporciona.

Como poucos grupos a serem avaliados, e aulas inteiras reservadas apenas para cumprir esse objetivo. Não, não se trata de uma regra, mas de uma exceção, que infelizmente ainda é bastante real.

5- Alguém sempre fará menos que os demais, e consequentemente alguém sempre ficará sobrecarregado

06

Aparentemente não existe outro jeito. É extremamente difícil encontrar um grupo, onde todos estão dispostos e motivados do mesmo modo com o projeto e com as tarefas. Por esse motivo, muitas pessoas acabam sobrecarregadas, enquanto outras, por outro lado, não fazem praticamente nada.

Gerando um desiquilíbrio, que sempre serpa prejudicial.

6- Trabalhos como esses podem de fato comprometer a boa convivência entre pessoas que se desentenderam até o final do curso

09

Sabe quando a pessoa acaba marcada por que todos sabem que ela não participa como deve dos projetos? Ou quando duas pessoas simplesmente param de se simpatizar por consequência de um trabalho mal executado? Pois bem, esse tipo de desentendimento é muito mais comum do que nos lembrávamos, não é mesmo?

7- Sempre tem alguém que coloca tudo a perder, falando coisas erradas ou faltando ao dia da apresentação

10

Esses dois exemplos são bastante clássicos. Mas em todos os grupos parece existir aquela pessoas que é vista como um ponto fraco ou ameaça ao trabalho, geralmente essa pessoa é descomprometida e já trabalha bem menos que os demais.

Por conta disso, as outras pessoas do grupo apenas torcem para que ela não estrague nada, já que já aceitaram que ela não irá colaborar. E é aí, queridos leitores, que podemos nos surpreender ainda muito mais com as pessoas, afinal, quem nunca passou pela situação de apresentar um trabalho sem um dos membros do grupo, ou simplesmente escutar seu colega falar uma série de ‘baboseiras’ e ter que concertar em seguida?

8- As notas nunca serão justas, visto que estão sendo avaliados de maneira genérica e não individual

05

Como já citamos anteriormente, é muito comum que alguns membros acabem fazendo mais ou menos do que os outros, e por esse motivo, a tal nota para o grupo, pode ser considerada tão injusta.

Uma vez que não determina ou parabeniza quem trabalhou até a exaustão, da mesma maneira que não pune a pessoa que não fez muita questão em colaborar.

E então queridos leitores, se lembraram de seus trabalhos antigos? Adicionariam algum outro item a essa lista? Conta pra gente aqui em baixo pelos comentários.

Escreva Um Comentário