8 duras verdades sobre o amor que só quem já se apaixonou poderia entender


Ah o amor… O que dizer sobre esse sentimento que é genuíno apenas por ser o que é, e que tem o poder de transformar, alegrar, aquecer e tornar algumas coisas simplesmente em inesquecíveis.

Pois bem, bonita a descrição não? E geralmente é esse tipo de conceito que encontramos sobre o amor nos livros, nos romances, no cinema… Mas e na vida real, no dia a dia, na pele com pele? Como é que nós geralmente nos comportamos quando estamos apaixonados, e o que é que acabamos aprendendo com o amor?

Você é uma pessoa romântica? Se a sua resposta foi um sim, você provavelmente vai se impressionar com as verdades que trouxemos hoje.

Mas vamos parar com o “papo” e ir para o que interessa: A dura realidade sobre o amor! Confira

1- Você não necessariamente irá se casar com o amor da sua vida

03

Sim! Não é fácil escutar uma realidade como esta, mas infelizmente se trata apenas da verdade.

Você até pode não acreditar que cada pessoa obrigatoriamente terá um grande e intenso amor em sua vida, mas precisamos concordar que conforme conhecemos e nos envolvemos com as pessoas, passamos a ama-las e não necessariamente a amamos com o mesmo grau e intensidade.

Por isso entenda, que as chances de você ter sempre ao seu lado aquela pessoa que mais amou na vida, não são muito grandes, visto que é exatamente nesse tipo de romance que a gente se perde, se deixa levar pelo instinto e emoções, e quanto maior for o amor, mais delicado ele será, então nessas horas qualquer pequeno engano pode machucar e ferir de maneira proporcional ao tamanho do sentimento que se sente, afastando de você aquela pessoa que você tanto amou e provavelmente no fundo sempre irá amar.

2- Nem todo mundo que você ama, merece o seu amor

05

Até pode ser um tanto quanto difícil falar de merecimento, mas realmente muitas vezes amamos alguém, sem de fato conhece-la a fundo.

Por isso frustrações amorosas são tão comuns, até porque o ser humano tem o seu jeito individual de julgar o que é certo e errado e de como se relacionar, por essas e por outras, nos enganamos e infelizmente nos machucamos.

3- É sim possível amar duas pessoas ao mesmo tempo

04

E não estamos falando de pai e mãe. Os sentimentos não seguem uma linha reta, um padrão ou uma homogeneidade, e é por isso que algumas pessoas acabam por se apaixonar e consequentemente amar duas pessoas ao mesmo tempo.

Atualmente existe até mesmo um termo para esse tipo de relação, que é o poliamor, nesse tipo de relacionamento as pessoas aceitam o sentimentos uns dos outros, podendo se relacionar em trios ou até mesmo em grupos.

Tudo bem que não se trata de uma regra, mas se você já se viu confuso a respeito de quem realmente amava, saiba que seu coração é grande, e você não está errado por sentir o que sente, o importante mesmo é saber respeitar os sentimentos alheios e fazer o melhor possível para você e o seu coração.

4- Amar alguém que apenas gosta de você é mais comum do que se imagina

02

Vocês podem se relacionar, namorar por anos e no fundo você até pode sentir, mas não necessariamente irá descobrir.

Muitas pessoas mantêm algum tipo de relacionamento amoroso não pelo amor que sentem, mas por outras razões que podem ser das mais diversas. Carência, dependência emocional, rotina, interesses pessoais e por aí vai.

Por isso entenda, nem todos que disseram que te amavam, de fato sentiam isso por você.

5- As vezes você evita se entregar ao amor, apenas pelo medo da perda

04

Isso ocorre principalmente com pessoas que já viveram algum tipo de relacionamento e se frustraram profundamente.

Por isso antes de julgar alguém como fria ou indiferente, tente entender o porque de seu comportamento, visto que muitas vezes pode se tratar apenas de um certo tipo de proteção pessoal.

6- Nem todo mundo que se aparenta frio no amor, realmente é

01

E por falar nas pessoas frias… Vamos tentar entender, que pessoas frias e distantes realmente existem, mas nem todas que se comportam desse modo realmente são insensíveis ao amor.

Cada individuo possui as suas peculiaridades e consequentemente cada um terá o seu jeito de amar, não significando obrigatoriamente que quem demonstra mais ama mais, e vice e versa.

7- Nem sempre a pessoa perfeita para nós, é aquela que amamos

0

As vezes nós simplesmente nos apaixonamos pela pessoa errada, e tão errada, ela simplesmente nos parece perfeita.

Não procure o amor em um catálogo, pois o seu suposto par ideal, pode nunca conseguir despertar o amor em você.

8- O segredo para ter um relacionamento duradouro nem sempre é amar demais, mas sim ser paciente e altruísta

06

Se lembra do que falamos alí no primeiro tópico? Pois bem, muitas vezes um relacionamento duradouro não se mantem apenas por causa do amor, e sim de uma série de outras coisinhas que podemos muitas vezes não nos atentarmos.

O amor está no detalhe, no carinho, no abrir de mão, na paciência, no altruísmo, e em monte de pequenas coisas que precisam de manutenção e cuidado.

E então queridos leitores, você já conhecia esses 8 lados obscuros do amor? Adicionaria algum outro item a essa lista? Conta pra gente aqui em baixo pelos comentários.

IMAGENS mensxp.com
loading…


Escreva Um Comentário